Cipreste-italiano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaCipreste-italiano
Cupressus sempervirens

Cupressus sempervirens
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Pinophyta
Classe: Pinopsida
Ordem: Pinales
Família: Cupressaceae
Género: Cupressus
Espécie: C. sempervirens
Nome binomial
Cupressus sempervirens
L.

O cipreste-italiano (Cupressus sempervirens L.; Cupressaceae), também designado como cedro-bastardo, cipreste-comum, cipreste-de-itália, cipreste-do-mediterrâneo, cipreste-mediterrânico e cipreste-piramidal, é uma árvore nativa do Sul da Europa (Mediterrâneo oriental, Sudeste da Grécia – especialmente Creta e Rodes) e do Sudoeste da Ásia (Nordeste da Líbia, Sul da Turquia, Chipre, Síria ocidental e Líbano – além de uma população disjunta no Irão), que chega a medir 45 m, com copa estreita e esguia, ramos nivelados, raminhos pendulosos e ramificações terminais lineares. É uma espécie de grande longevidade e de folha persistente (como se depreende do seu nome científico sempervirens, que quer dizer «sempre verde») - sabe-se que alguns chegam a viver mais de um milénio.

Tem sido utilizado como símbolo recorrente da tristeza, da melancolia e da morte ou vida eterna. Não obstante, mantém-se como uma árvore particularmente apreciada para fins decorativos. A sua madeira aromática já era utilizada pelos egípcios, na construção de sarcófagos. Os gregos apreciavam a homogeneidade da madeira para fabricar móveis. Na Idade Média era utilizado para fazer arcas.

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • HOUAISS, Antônio; Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa; Lisboa; Temas e Debates; 2005

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Cipreste-italiano
Ícone de esboço Este artigo sobre coníferas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.