Clark L. Hull

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Abril de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Clark L. Hull

Clark Leonard Hull (Akron, 24 de maio de 1884New Haven, 10 de maio de 1952) foi um influente psicólogo norte-americano. Estudou nas Universidades de Michigan e Wisconsin.

Doutorou-se nesta última em 1918 onde foi professor até 1929. Inspirando-se em Pavlov e Watson desenvolveu as concepções behavioristas clássicas fazendo intervir variáveis intermédias entre o estímulo e a resposta. Considerava que no processo de aprendizagem a variável intermédia seria a motivação. A sua concepção poderia ser expressa pela fórmula: Potencial de Reação = (Força do hábito x Impulso x Motivação) - Inibição. A aprendizagem seria assim um processo resultante de uma cadeia de condicionamentos em que o reforço, motivação, (encarado como a redução das necessidades) desempenha um papel fundamental. Assim não poderia haver aprendizagem sem motivação.

Considerava que, para além dos métodos tradicionais utilizados pela psicologia - observação, observação sistemática e método experimental, se deveria recorrer a métodos formais, isto é, deveriam ser introduzidos modelos matemáticos. Chegou a descrever processos de aprendizagem através de equações matemáticas.

As suas concepções estão expostas na sua vasta obra da qual se pode destacar: Principles of Behavior, The Essentials of Behavior e A Behavior System.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.