Common Language Runtime

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

O cérebro da plataforma .NET é o CLR (Common Language Runtime), que é uma aplicação similar a um processador que se encarrega de providenciar a execução das aplicações para ela escritas. São oferecidos a estas aplicações pouco serviços para desenvolvimento e manutenção que desfavorece sua confiança e segurança. O CLR é o vilão entre as linguagens suportadas pela plataforma .NET. O compilador de cada linguagem segue uma série de padrões (Common Language Specification) para compilar seus códigos, por isso as outras linguagens conseguem "entender" as classes e os métodos, dentre outras informações, que essa linguagem definiu. Por exemplo, quando escrevo uma classe em SmallTalk.NET e a compilo, o compilador de SmallTalk não irá compilá-la da mesma forma que compilaria fora da plataforma, esse a compilará segundo uma série de especificações que gerará o IL (Intermediate Language). Quando essa classe tiver que ser acessada por uma outra, escrita em C#, por exemplo, a plataforma .NET se encarregará de ler a IL gerada e expôr a classe que foi criada.


Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.