Conservatório de Tatuí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

O Conservatório Dramático e Musical "Dr. Carlos de Campos" de Tatuí, mais conhecido apenas como Conservatório de Tatuí, é uma escola de música ligada ao Governo do estado de São Paulo.

Foi criado por uma lei estadual em 13 de abril de 1951 e fundado em 11 de agosto de 1954. Localizado em Tatuí, o Conservatório oferece gratuitamente 47 cursos diferentes com duração média de seis anos (além de dois anos de aperfeiçoamento, opcionais).

A escola tem a missão de formar instrumentistas, cantores, atores e luthiers de reconhecimento internacional. É uma instituição de grande prestígio, tanto que concentra estudantes de diversas cidades do Brasil, além de países da América Latina. Ocasionalmente, o Conservatório de Tatuí também recebe estudantes para aperfeiçoamento em música brasileira vindos da América do Norte, Europa e, até, Ásia.

O Conservatório disponibiliza aos seus alunos um programa de ensino atualizado e possui total infra-estrutura para a realização de suas atividades. Seu complexo musical conta com o Teatro Procópio Ferreira, um setor de artes cênicas, grupos de canto-coral, alojamento, biblioteca e cerca de 50 conjuntos instrumentais. São orquestras, bandas, big bands, grupos de música de câmara e de MPB e Jazz por meio dos quais os alunos têm assegurados a prática musical e o contato com instrumentistas profissionais. Entre os conjuntos, destaca-se a Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí.

Além da sua tradição na excelência em ensino, o Conservatório cumpre uma programação artística anualmente. Entre seus principais eventos – conhecidos por permitirem a apresentação de artistas e grupos nacionalmente conhecidos – estão o Festival Brasil Instrumental, o Festival de Música Popular Brasileira, o Festival de Férias, a Semana "Paulo Setúbal", o Festival Estudantil de Teatro do Estado de São Paulo e a Semana da Música. A escola ainda promove exposições, concertos, workshops, espetáculos de teatro, cursos intensivos, palestras e recitais. Sua produção interna é, ainda, levada aos mais diferentes pontos do estado de São Paulo ao longo do ano.

Por conta de sua importância no cenário internacional da música, o Conservatório contribuiu de forma essencial para que a cidade de Tatuí ficasse conhecida como a “Capital da Música”. O título foi dado em 30 de janeiro de 2007 por meio da lei estadual 12.544, que oficializa a cidade como a “Capital da Música do Estado de São Paulo”.

Gestão[editar | editar código-fonte]

A instituição é gerida pela Associação de Amigos do Conservatório de Tatuí, qualificada como Organização Social da Área de Cultura no Governo do estado de São Paulo.

Sua diretoria é formada por Henrique Autran Dourado (diretor executivo) e por Dalmo Magno Defensor (diretor administrativo e financeiro).

Polo do Conservatório de Tatuí em São José do Rio Pardo[editar | editar código-fonte]

Em 2006 foi criada em São José do Rio Pardo a única extensão pedagógica do Conservatório fora de sua cidade de origem. O Polo segue as mesmas diretrizes administrativas e pedagógicas do Conservatório de Tatuí e atende certa de 170 alunos da região.

Cumprindo com a missão de formar instrumentistas na área de música clássica, o Polo atualmente oferece os seguintes cursos: flauta transversal, clarinete, saxofone, trompa, trompete, trombone, bombardino, tuba, percussão sinfônica, piano, piano correpetidor, canto lírico, violino, viola, violoncelo, contrabaixo e violão clássico.

O Polo também abriga grupos pedagógicos e sua produção interna é levada a diferentes pontos, contribuindo para fomentar o cenário musical da região leste paulista.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]