Cubano (hidrocarboneto)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Novembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cubano
Alerta sobre risco à saúde
Cuban.svg Cubane-3D-balls.png
Nome IUPAC Cubano[1]
Outros nomes Pentaciclo[4.2.0.02,5.03,8.04,7]octano
Identificadores
Número CAS 277-10-1
SMILES
InChI InChI=1/C8H8/c1-2-5-3(1)
7-4(1)6(2)8(5)7/h1-8H
Propriedades
Fórmula molecular C8H8
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O Cubano (C8H8) é um hidrocarboneto sintético que consiste de oito átomos de carbono dispostos na forma geométrica de um cubo, com um átomo de hidrogênio ligado a cada átomo de carbono. É um dos chamados hidrocarbonetos platônicos. A molécula do cubano foi sintetizada pela primeira vez em 1964 por Philip Eaton, professor de química da Universidade de Chicago.[2] Devido à tensão dos ângulos de 90 graus entre as ligações aos átomos de carbono, a possibilidade desta síntese era considerada até então improvável. Surpreendentemente, porém, a substância, um sólido cristalino, é bastante estável. É o hidrocarboneto de maior densidade conhecido. Alguns de seus derivados nitrados foram objeto de estudos devido às suas potencialidades como explosivos e combustíveis. Sua geometria também é de interesse em pesquisas nas áreas da medicina e da nanotecnologia.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. De acordo com a página 41 do guia 2004 IUPAC, cubano é o nome preferencial da IUPAC.
  2. Cubane Philip E. Eaton and Thomas W. Cole J. Am. Chem. Soc.; 1964; 86(15) pp 3157 - 3158; doi:10.1021/ja01069a041.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]