De Ceremoniis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

De Ceremoniis (título completo: De Caerimoniis Byzantinae Aulae ou De ceremoniis aulae Byzantinae; tradução: "as cerimónias da corte bizantina") é o título em latim da compilação das descrições dos cerimoniais protocolares da corte imperial bizantina em Constantinopla. O título original em grego é Περί τῆς Βασιλείου Τάξεως ("sobre a ordem imperial").

A obra foi escrita (ou editada para) pelo imperador Constantino VII (r. 913–959) e foi parcialmente revista e atualizada durante o reinado de Nicéforo II Focas (r. 963–969), possivelmente sob a supervisão de Basílio Lecapeno, o paracoimomeno imperial (chefe da administração imperial, uma espécie de primeiro-ministro).

É uma descrição detalhada dos procedimentos cerimoniais para os funcionários imperiais, que determina de forma precisa qual deve ser a sua conduta, e trata de outros assuntos que afetam as rotinas diárias da corte no Grande Palácio de Constantinopla. Era um manual de protocolo, consulta e instrução para os altos funcionários e cortesãos bizantinos.

A obra inclui vários apêndices, nomeadamente os Três Tratados sobre Expedições Militares Imperiais, um manual militar escrito por Constantino VII para o seu filho e sucessor Romano II.

Notas e referências

Ligações externas


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.