Edgar Wright

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Edgar Wright
Nome completo Edgar Howard Wright
Nascimento 18 de abril de 1974 (40 anos)
Poole, Dorset,  Inglaterra
Ocupação Diretor
Roteirista
IMDb: (inglês) (português)

Edgar Howard Wright (18 de abril de 1974) é um diretor e roteirista inglês de cinema e televisão. Ele é mais famoso pelos filmes Shaun of the Dead, Hot Fuzz, Scott Pilgrim vs. the World, e foi confirmado como diretor do futuro filme do Homem-formiga[1] , da Marvel.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Edgar Wright nasceu em Poole, Dorset. Começou a dirigir seus próprios filmes aos 14 anos de idade, enquanto frequentava a escola The Blue School, Wells em Somerset, e trabalhava na atração turística Wookey Hole Caves. Com 20 anos ele fez uma paródia western, A Fistful of Fingers, que teve um lançamento limitado nos cinemas e transmitido pelo canal britânico da televisão via satélite Sky Movies. Ele então dirigiu uma série de comédia televisivas no Paramount Comedy e na BBC, entre elas Sir Bernard's Stately Homes e Asylum. Durante a produção dessas, conheceu o escritores e atores Simon Pegg e Jessica Hynes.

Em 1999 ele se juntou a Simon Pegg e Hynes criar Spaced para o Channel 4. Wright deu Spaced um olhar incomum para o gênero de sitcom, com ângulos de câmera dramáticos e movimento emprestado da linguagem visual de ficção científica e filmes de terror. Em vez de recuar longe destas influências, Wright faz um esforço ativo para mostrar a sua referência, adicionando um "Homage-O-Meter" para todos os seus lançamentos, um sistema que exibe cada referência em que ele se espehou para a filmagem. Em 2002, ele fez aparições como um cientista e técnico chamado Eddie Yorque durante duas temporadas de Look Around You, um programa da BBC criado por um membro do elenco de Spaced, Peter Serafinowicz. Ele também fez uma breve aparição no Spaced, no qual ele pode ser visto, juntamente com outros membros do elenco da série, dormindo numa habitação de Daisy Steiner enquanto ela se prepara para se mudar de casa.

As críticas de sucesso de Spaced criaram o caminho de Wright e Pegg para passar para a tela grande com Shaun of the Dead, um comédia sobre zombies que mistura o estilo de comédia romântica "flick Brit", com homenagens aos clássicos do horror de George A. Romero e Sam Raimi.

O dupla então escreveu um ação com pitadas de comédia, chamada 'Hot Fuzz. A produção começou em março de 2006, o filme foi lançado em fevereiro de 2007 no Reino Unido e Abril de 2007, nos EUA. Ela gira em torno do personagem de Pegg, Nicholas Angel, um policial que é transferido de Londres para uma zona rural de Sandford, onde eventos terríveis começam a acontecer.

Wright também dirigiu dois vídeos para sua ex-namorada Charlotte Hatherley: "Summer" e "Bastardo". Também dirigiu um trailer falso de Grindhouse, de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez. Chamado de "Don't", não possuía nenhum detalhe da trama, apenas uma brincadeira com os clichês de filmes de terror, com frases como "Se você está pensando … … … em ir para esta casa … … … NÃO (não vá)! "

Seu irmão, Oscar, que é um artista de quadrinhos, contribuindo com storyboards e fotos promocionais para os filmes de Edgar. Por exemplo, ele projetou interpretações em quadrinhos dos personagens de Shaun of the Dead e criou uma animação para o PC que o Danny Butterman usa em Hot Fuzz, bem como a arte para os "Plot Holes" em ambos os DVD's de Hot Fuzz e Shaun of the Dead. Oscar também dirigiu o vídeo de Charlotte Hatherley, "Behave".

Wright menciona a Jon Spencer Blues Explosion como a sua banda favorita. Várias canções da banda são usadas no filme "Hot Fuzz", incluindo uma escrita especificamente para o filme.

Em 2013 estreou The World's End, final da "Trilogia do Sangue e Sorvete", que inclui a Hot Fuzz e Shaun of the Dead.[2]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Edgar Wright.jpg

Filmes (como diretor/roteirista)[editar | editar código-fonte]

Filmes (como ator)[editar | editar código-fonte]

Televisão (como ator)[editar | editar código-fonte]

Televisão (como diretor)[editar | editar código-fonte]

Referências