Eleição para o Senado federal pela Geórgia em 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1996 Estados Unidos 2008
Eleição para o Senado federal pela Geórgia em 2002
5 de novembro de 2002
Saxby Chambliss.jpg Cleland.jpg
Candidato Saxby Chambliss Max Cleland
Partido Republicano Democrata
Votos 1.071.153 931.857
Porcentagem 52,77% 45,90%
02GASenateCounties.PNG
  Condados onde Chambliss obteve maior votação
  Condados onde Cleland obteve maior votação


Senador

A eleição para o Senado dos Estados Unidos pelo estado americano da Geórgia em 2006 aconteceu no dia 5 de novembro de 2002. O senador Max Cleland concorreu à reeleição, mas foi derrotado pelo republicano Saxby Chambliss.

A campanha de Saxby Chambliss usou temas como a defesa nacional e segurança, mas atraiu críticas nos anúncios de televisão comparando Max Cleland com Osama bin Laden e Saddam Hussein, e atacou Max Cleland sobre o tema da segurança interna e sobre os veteranos da Guerra do Vietnã.[1] O senador republicano John McCain (R-Arizona), disse de um anúncio: "É pior do que vergonhoso, é condenável;" ("It's worse than disgraceful, it's reprehensible") o também senador Chuck Hagel (R-Nebraska) disse que os anúncios foram "além da ofensiva para mim" ("beyond offensive to me").[2]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Eleições nos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.