Emberizidae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaEmberizidae
Escrevedeira-amarela (Emberiza citrinella)

Escrevedeira-amarela (Emberiza citrinella)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeri
Família: Emberizidae
Vigors, 1831
Géneros
ver texto

Emberizidae é uma família de aves da ordem Passeriformes, presente em todos os continentes excepto na Oceania e Antártida. O grupo tem maior biodiversidade nas Américas e recebe o nome popular de escrevedeiras e, por vezes, pardais do Novo Mundo, embora constitua uma clade distinta da família Passeridae. Há cerca de 29 géneros e 179 espécies de emberizídeos, cuja classificação ainda se encontra em debate; são por vezes agrupados com os fringilídeos. O grupo ocupa uma enorme diversidade de habitats terrestres, em climas temperados, tropicais e sub-tropicais e regiões polares, que incluem zonas áridas, desérticas, agrícolas, de floresta, tundra e pântanos. De entre os embezerídeos brasileiros contam-se os tico-ticos, os caboclinhos e os papa-capins.

Os emberizídeos são aves de pequeno a médio porte, com cerca de 10 a 25 cm de comprimento. Os machos são um pouco maiores que as fêmeas e, nas espécies onde o dimorfismo sexual está presente, têm cores mais brilhantes. O bico é curto e cónico, adaptado a uma alimentação à base de sementes e insectos. A maior parte das espécies não bebe água.

A época de reprodução ocorre no Verão ou na altura das chuvas. A maioria das espécies forma casais monogâmicos mas há excepções. O ninho é construído no solo ou em árvores, com gravetos e folhas e nunca é reaproveitado. As fêmeas põem entre 3 a 5 ovos de cor branca ou azulada, que incubam sozinhas ao longo de um período de 11 a 14 dias. Os juvenis são bastante precoces e tornam-se independentes em menos de um mês, atingindo a maturidade sexual ao fim do primeiro ano.

Os emberizínios são aves diurnas e bastante territoriais na época de reprodução. Algumas espécies, nomeadamente as que vivem a elevada latitude são migratórias. Dentro do grupo apenas os machos emitem vocalizações.

O IUCN não lista nenhuma espécie do grupo em perigo de extinção, mas as populações de embezerínios estão em declínio à escala mundial, devido a perda de habitats e desflorestação.

Pensa-se que os emberizínios tenham evoluído nas Américas tendo migrado para a Ásia e Europa via Estreito de Bering.

Gêneros[editar | editar código-fonte]


Referências[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies