Endimião

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo. Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Endimião, na mitologia grega, foi um rei de Élis, filho de Étlio,[1] [2] filho de Zeus e Protogênia, filha de Deucalião.[3] [2]

A fundação de Élis, pelos os eólios da Tessália, é atribuída a Endimião[1] ou a seu pai Étlio.[2]

Segundo Pseudo-Apolodoro, sua mãe era Cálice,[1] filha de Éolo e Enarete.[4]

Pausânias comenta sobre este personagem apresentando a versão mitológica, de que ele teve cinquenta filhas com a deusa Selene,[5] mas indicando como hipótese mais provável uma lista de outras esposas:[5]

Segundo Pseudo-Apolodoro, ele teve um filho, Étolo, com uma náiade ou com Ifianassa.[6] Segundo Pausânias, todos os autores concordam que ele teve três filhos, Peão, Epeu e Étolo, e uma filha, Eurícida[5] . Endimião fez seus filhos correrem em Olímpia, e o vencedor, Epeu, foi nomeado seu sucessor.[5]

Segundo Pseudo-Apolodoro, depois que a Lua se apaixonou por Endimião, que era muito belo, Zeus ofereceu a ele escolher o que quisesse; ele escolheu dormir para sempre, para permanecer sempre jovem e imortal.[1]

No século II d.C. havia duas versões sobre a sua morte: segundo os habitantes de Élis, ele estava enterrado na sua cidade, mas segundo os habitantes de Heracleia de Latmos, próxima de Mileto, ele havia se retirado para o monte Latmos, onde havia um tempo em sua honra[7] .

Outra versão[editar | editar código-fonte]

Endimião era um pastor que se apaixonou por Selene e por causa dessa paixão acabou dormindo eternamente. Ele era muito cobiçado por outras Deusas, e era visto como um homem superficial. Diz a lenda, que ele se passava por um pastor para conseguir livrar-se de seus pecados.

Referências

Caixa de sucessão segundo Pausânias:

Precedido por
Étlio
Rei de Élis
Sucedido por
Epeu
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.