Epopeu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Epopeu é o rei do Sicião que recebeu Antíope, princesa de Tebas, logo depois dela ter sido engravidada por Zeus.1

Segundo Diodoro Sículo, Epopeu desafiou os deuses à batalha, e violou seus santuários e altares.2

Segundo Pseudo-Apolodoro, Epopeu foi morto por Lico, tio de Antíope e usurpador em Tebas.1

Segundo a cronologia de São Jerônimo, Epopeu reinou por 35 anos em Sicião, seu reinado se iniciou por volta do ano 1425 a.C.. Ele é o sucessor de Corax e o antecessor de Laomedonte. 3

Segundo Pausânias (geógrafo), Epopeu era filho de Aloeu (filho de Hélio) e pai de Maratona (filho de Epopeu).4 Epopeu e Nicteu morreram por causa dos ferimentos da guerra entre Sicião e Tebas, por causa de Antíope.5 6 Epopeu também foi rei de Corinto (chamada de Éfira).7 Em Corinto, seu antecessor foi Bunus e seu sucessor seu filho Maratona, 7 e em Sicião seu antecessor foi Corax.8 e foi sucedido por Laomedonte6

Ver também[editar | editar código-fonte]

Caixas de sucessão baseadas em Pausânias, com datas baseadas em Jerônimo

Precedido por
Corax
Rei de Sicião
1425 a.C.1390 a.C.
Sucedido por
Laomedonte
Precedido por
Bunus
Rei de Corinto
Sucedido por
Maratona

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.