Escala cromática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Escala cromática completa ascendente e descendente sobre dó numa oitava Loudspeaker.svg? Tocar.

Na música, a escala cromática é uma escala que contém 12 notas com intervalos de semitons entre elas.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Chamamos de cromática a escala de 12 sons criada pelos ocidentais através do estudo das frequências sonoras. A escala é formada pelas 7 notas padrão da escala diatônica acrescidas dos 5 tons intermediários

Compreendendo[editar | editar código-fonte]

Para entendermos a escala cromática, podemos pegar o padrão da escala de dó maior e inserir os cinco sons existentes entre as notas que têm entre si o intervalo de um tom. No violão, basta seguir melodicamente casa por casa (semitom por semitom) até a 12 nota, a partir do que se repetirá a escala. No piano, tocamos todas as teclas (brancas e pretas, sem pular nenhuma) melodicamente.

Esta escala serve de embasamento para alguns estilos musicais como a música serial, aleatória, dodecafônica e microtonal

Exemplos[editar | editar código-fonte]

A escala cromática possui um único formato, visto jijiji utiliza os 12 sons da escala ocidental, portanto, nada influi (teoricamente) mudar a nota de início.

- Dó - Dó# - Ré - Ré# - Mi - Fá - Fá# - Sol - Sol# - Lá - Lá# - Si

No caso da escala ser descendente, costuma-se bemolizar as notas:

- Si - Sib - Lá - Láb - Sol - Solb - Fá - Mi - Mib - Ré - Réb - Dó

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.