Escala de intensidade sísmica da Agência Meteorológica do Japão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Escala de intensidade sísmica da Agência Meteorológica do Japão é uma escala sísmica usada no Japão e Taiwan para medir a intensidade dos sismos. A intensidade é medida em unidades de shindo (震度, intensidade sísmica, lit. "grau de estremecimento"?). Ao contrário da escala de magnitude de momento (a qual mede a magnitude absoluta do sismo, representando-a por meio de um único número) a escala da AMJ descreve o grau de vibração num ponto da superfície da Terra. Como resultado, a medição do sismo varia de local para local, e um dado sismo pode ser descrito como "shindo 4 em Tóquio, shindo 3 em Yokohama, shindo 2 em Shizuoka".

A AMJ opera uma rede de 180 sismógrafos e 627 medidores de intensidade sísmica[1] [2] e fornece relatórios de sismos em tempo-real aos meios de comunicação e na internet.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Ocorrem no Japão cerca de 400[4] sismos por dia, embora a vasta maioria sejam de grau 0, ou menos, na escala de shindo ou menos, e detectável apenas com o uso de aparelhos especializados.

A Agência Meteorológica do Japão, (AMJ) criou uma primeira escala shindo em 1884, com quatro graus: 微 (frouxo), 弱 (fraco), 強 (forte), e 烈 (violento).

Em 1898 esta escala foi trocada por um sistema numérico, atribuindo aos sismos graus entre 0 e 7.

Em 1908, foram atribuídas descrições aos patamares desta escala, e os sismos passaram a ser classificados com base nos efeitos percebidos pelas pessoas. Esta escala foi amplamente usada durante o Período Meiji, e revista durante o Período Shōwa com novas descrições.

Após o sismo de Kobe de 1995, os graus 5 e 6 foram divididos em dois, passando a existir 10 graus na escala: 0-4, 5 fraco/forte (5弱、5強), 6 fraco/forte(6弱、6強)e 7. Não sofre qualquer alteração desde 1996.[5] [6]

Explicação da escala da AMJ[editar | editar código-fonte]

A escala da AMJ vai de 0 a 7, com 7 a corresponder aos sismos mais fortes. A escala de Mercalli é por vezes utilizada em conjunto com a Shindo; porém esta não é uma prática comum no Japão. Os relatórios de sismos em tempo-real são calculados automaticamente a partir de medições de aceleração do solo. A AMJ reporta o grau do sismo com base na aceleração do solo, medida automaticamente com medidores de intensidade sísmica. Não existe uma relação simples e linear entre o Número Shindo e a aceleração máxima do solo,[7] [8] portanto os valores da tabela abaixo devem ser vistos apenas como uma orientação aproximada.


Escala Shindo [9]
Magnitude-Número Shindo (Número Shindo em, japonês) / Leitura do medidor Pessoas Situações interiores Situações exteriores Casas de madeira Construções de betão armado Serviços essenciais Solos e taludes Aceleração máxima[10]
0 (0) / 0–0,4 Imperceptível. < 0,008 m/s²
1 (1) / 0,5–1,4 Sentido apenas ao ar livre. 0,008–0,025 m/s²
2 (2) / 1,5–2,4 Sentido pela maioria das pessoas dentro de casa. Algumas pessoas são despertadas. Objectos suspensos, como candeeiros, balouçam ligeiramente. 0,025–0,08 m/s²
3 (3) / 2,5–3,4 Sentido pela maioria das pessoas dentro de casa. Algumas pessoas ficam assustadas. Pratos em vitrinas chocalham ocasionalmente. Cabos eléctricos balouçam ligeiramente. 0,08–0,25 m/s²
4 (4) / 3,5-4,4 Muitas pessoas assustadas. Algumas tentam escapar ao perigo. A maioria dos que dormem despertam. Objectos suspensos balouçam consideravelmente e pratos numa vitrine chocalham. Ornamentos instáveis ocasionalmente caem. Cabos eléctricos balouçam consideravelmente. As pessoas que caminham na rua e alguns condutores de automóveis apercebem-se do sismo. 0,25–0,80 m/s²
5-baixo (5弱) / 4,5-4,9 A maioria das pessoas tentam escapar ao perigo. Algumas pessoas têm dificuldade em mover-se. Objectos suspensos balouçam violentamente. A maioria dos ornamentos caem. Ocasionalmente, pratos numa vitrina e livros numa prateleira caem e a mobília é deslocada. As pessoas apercebem-se do balouçar de postes de electricidade. Ocasionalmente, vidraças de janelas estilhaçam, paredes de betão não-armado caem, e estradas são danificadas. Ocasionalmente, casas menos resistentes aos sismos sofrem danos nas paredes e pilares. Ocasionalmente, formam-se fissuras nas paredes de construções menos resistentes aos sismos. Um dispositivo de segurança corta o fornecimento de gás em algumas casas. Em raras ocasiões, tubagens de água são danificadas e o fornecimento de água é interrompido. (Fornecimento de electricidade interrompido em algumas casas) Ocasionalmente, surgem fissuras em solos moles, e ocorrem quedas de pedras e pequenos deslizamentos de terras em zonas montanhosas. 0,80–1,40 m/s²
5-alto (5強) / 5,0–5,4 Muitas pessoas ficam muito assustadas e têm dificuldade em mover-se. A maioria dos pratos numa vitrina e a maioria dos livros numa prateleira caem. Ocasionalmente, um televisor colocado sobre um móvel cai, móveis pesados como cómodas caem, portas deslizantes saem das suas calhas e a deformação dos caixilhos torna impossível abrir portas. Em muitos casos, paredes de blocos de betão não reforçadas caem, e pedras tumulares tombam. Muitos automóveis param pois torna-se difícil conduzir. Ocasionalmente, máquinas de venda automática mal instaladas caem. Ocasionalmente, casas menos resistentes aos sismos sofrem danos pesados nas paredes e pilares e inclinam. Ocasionalmente, formam-se grande fissuras nas paredes, vigas e pilares de construções menos resistentes aos sismos e mesmo construções resistentes aos sismos têm fissuras nas paredes. Ocasionalmente, tubagens de gás e/ou de água são danificadas. (Ocasionalmente, o fornecimento de gás e água é interrompido em algumas regiões) Ocasionalmente, surgem fissuras em solos moles e ocorrem quedas de rochas e deslizamentos de terras em zonas montanhosas. 1,40–2,50 m/s²
6-baixo (6弱) / 5,5–5,9 Difícil permanecer em pé. Muita da mobília pesada e não fixada desloca-se e cai. É impossível abrir as portas em muitos casos. Em alguns edifícios, azulejos e vidraças são danificados e caem. Ocasionalmente, paredes e pilares de construções menos resistentes aos sismos colapsam e mesmo pilares e paredes de casas resistentes aos sismos ficam danificados. Ocasionalmente, as paredes e pilares de construções menos resistentes aos sismos são destruídos e mesmo construções muito resistentes aos sismos apresentam grandes fissuras nas paredes, vigas e pilares. Tubagens de gás e/ou água são danificados.(Em algumas regiões, o fornecimento de gás e água é interrompido e o fornecimento de electricidade é ocasionalmente interrompido.) Ocasionalmente, surgem fissuras no solo, e ocorrem deslizamentos de terras. 2,50–3,15 m/s²
6-alto (6強) / 6,0–6,4 Impossível manter-se em pé e deslocar-se sem rastejar. A maioria da mobília pesada e não fixada desloca-se e cai. Ocasionalmente portas deslizantes são arrancadas das suas calhas. Em muitas construções, azulejos de parede e vidraças são danificadas e caem. A maioria das paredes de blocos de betão não reforçado caem. Muitas casas, menos resistentes aos sismos, colapsam. Em alguns casos, até as paredes e os pilares de casas muito resistentes aos sismos são muito danificados. Ocasionalmente, construções menos resistentes aos sismos colapsam. Em alguns casos, até mesmo construções muito resistentes aos sismos sofrem danos nas paredes e pilares. Ocasionalmente, tubagens principais de gá e/ou água são danificadas. (O fornecimento de electricidade é interrompido em algumas regiões. Ocasionalmente, o fornecimento de gás e água é interrompido numa região alargada.) Ocasionalmente,m surgem fissuras no solo, e ocorrem deslizamentos de terras. 3,15–4,00 m/s²
7 (7) / 6,5 e acima Arremessadas pela agitação e mover-se à vontade. A maioria da mobília desloca-se muito e salta. Na maioria das construções, os azulejos de parede e vidraças são danificados e caem. Em alguns casos, parede de blocos de betão reforçadas colapsam. Ocasionalmente, mesmo construções resistentes aos sismos são severamente afectadas e inclinam. Ocasionalmente, mesmo construções muito resistentes aos sismos são afectadas severamente e inclinam. O fornecimento de gás, água e electricidade é interrompido numa região alargada. O solo é consideravelmente distorcido por grandes fissuras e fendas, e ocorrem derrocadas em taludes e deslizamentos de terras, os quais ocasionalmente alteram as feições topográficas. > 4 m/s²

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. (em japonês) 気象庁 | 震度観測点(全国)
  2. The Daily Yomiuri, 23 de Agosto, 2009, p. 2
  3. (em inglês) Japan Meteorological Agency | Earthquake Information
  4. http://www.hinet.bosai.go.jp/about_earthquake/part1.htm Sítio internet em japonês; dados oficiais de Shindo 1–7 entre 1997 e 2006 contabilizam 32,244 ocorrências, e Shindo 1–3 4 a 5 vezes por dia. Sítio internet de 防災科学技術研究所;Instituto Nacional de Pesquisa de Ciências da Terra e Prevenção de Desastres=NIED
  5. 気象庁震度階級(明治17年~昭和23年) em japonês
  6. 震度 em japonês
  7. Método de cálculo da intensidade sísmica (em Japonês)
  8. Intensidade e aceleração sísmicas (em japonês)
  9. JMA seismic intensity scale
  10. Relations between Magnitude and peak ground acceleration

Ligações externas[editar | editar código-fonte]