Esfera privada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A esfera privada é o oposto e o complemento da esfera pública. A esfera privada é um setor determinado da vida em sociedade na qual um indivíduo goza de certo grau de autoridade, livre de intervenções governamentais ou de outras instituições. Exemplos da esfera privada são a família e o lar. Martin Heidegger afirma que é somente na esfera privada que alguém pode ser autenticamente si mesmo.

Na teoria da esfera pública, no modelo burguês, a esfera privada é aquele domínio da vida de alguém no qual se trabalha para si mesmo. Neste domínio, as pessoas trabalham, trocam bens e sustentam as suas famílias; é portanto, neste sentido, separado do restante da sociedade.[1]

Referências

  1. Habermas, Jurgen, Thomas Burger (tradução), Frederic Lawrence (Ass.) (1989), MIT Press, The Structural Transformation of the Public Sphere: An Inquiry into a Category of Bourgeois Society

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.