Estrela de mercúrio-manganês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Uma estrela de mercúrio-manganês é um tipo de estrela peculiar que apresenta uma raia espectral a 398.4 nm, devido à absorção de mercúrio ionizado.[1] Essas estrelas são de tipo espectral B8 ou B9, possuindo duas características distintas:

A rotação dessas estrelas é relativamente devagar, e consequentemente, suas atmosferas costumam ser relativamente calmas. Alguns tipos de átomos "submergem" sob a força da gravidade, enquanto outros são empurrados para o exterior da estrela pela pressão de radiação, compondo uma atmosfera não-homogênea.

A seguinte tabela inclui as estrelas mais brilhantes desse grupo.

Nome[2] Designação de Bayer ou Flamsteed Tipo espectral[2] Magnitude visual aparente[2]
Alpheratz α Andromedae B8IVmnp 2.06
Gienah Corvi γ Corvi B8III 2.59
Maia 20 Tauri B8III 3.87
χ Lupi B9IV 3.96
Muliphein[3] γ Canis Majoris B8II 4.10
φ Herculis B9mnp 4.23
π¹ Bootis B9p 4.91
ι Coronae Borealis A0p 4.98
κ Cancri A B8IIImnp 5.24
Dabih Minor[4] β Capricorni B B9.5III/IV 6.10

Referências

  1. Mercury-manganese star. The Internet Encyclopedia of Science, David Darling. Acesso em 14 de agosto de 2008.
  2. a b c Nomes, tipos espectrais e magnitudes aparentes retiradas do SIMBAD, exceto aqueles acompanhados de nota.
  3. Muliphein, Stars, Jim Kaler. Acesso em 14 de agosto de 2008.
  4. Dabih, Stars, Jim Kaler. Acesso em 14 de agosto de 2008.