Euphorbia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaEuphorbia
Euphorbia virosa

Euphorbia virosa
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Malpighiales
Família: Euphorbiaceae
Género: Euphorbia
Espécies
Ver texto
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies
Euphorbia Milii (Coroa-de-cristo.

Euphorbia L. é um género de plantas da família Euphorbiaceae, que inclui cerca de 4100 espécies de grande variedade morfológica. A maioria das Euphorbia são arbustos, porém também existem variedades de árvores e suculentas de se assemelham a cactos. Na sua diversidade, as Euphorbia distinguem-se das restantes Euphorbiaceae pela presença de uma inflorescência característica chamada ciátio. Este género caracteriza-se também pela produção de um suco leitoso de propriedades tóxicas (látex). A designação Euforbiaestá associada a África, segundo a tradição, já que o rei Juba II da Mauritânia, teria feito chegar esta planta ao seu físico (ou médico) Euphorbos, para serem exploradas as suas capacidades curativas, no século I antes de Cristo. No entanto, o látex que a planta larga quando cortada é muito tóxico para o organismo e irritante para a pele.

Sinonímia[editar | editar código-fonte]

  • Poinsettia [Graham], Tithymalus [Hill], Ademo [Post et Kuntze], Adenopetalum [Klotzsch et Garcke], Adenorima [Raf.], Agaloma [Raf.], Aklema [Raf.], Alectoroctonum [Schltdl.], Allobia [Raf.], Anthacantha [Lem.], Aplarina [Raf.], Arthrothamnus [Klotzsch et Garcke], Ceraselma [Wittst.], Characias [A. Gray], Chylogala [Fourr.], Ctenadena [Prokh.], Cyathophora [Raf.], Cystidospermum [Prokh.], Dactylanthes [Haw.], Dematra [Raf.], Desmonema [Raf.], Dichrophyllum [Klotzsch et Garcke], Dichylium [Britton], Diplocyathium [Heinr. Schmidt], Ditritra [Raf.], Endoisila [Raf.], Epurga [Fourr.], Esula [(Pers.) Haw.], Euforbia [Ten.], Eumecanthus [Klotzsch et Garcke], Euphorbiastrum [Klotzsch et Garcke], Euphorbiodendron [Millsp.], Euphorbiopsis [H. Lev.], Euphorbium [Hill], Galarhoeus [Haw.], Kanopikon [Raf.], Kobiosis [Raf.], Lacanthis [Raf.], Lathyris [Trew]., Lepadena [Raf.], Lophobios [Raf.], Lyciopsis [(Boiss.) Schweinf.], Medusea [Haw.], Murtekias [Raf.], Nisomenes [Raf.], Ossifraga [Rumph.], Peccana [Raf.], Petalandra [F. Muell. ex Boiss.], Pleuradena [Raf.], Pythius [B.D. Jacks.], Sclerocyathium [Prokh.], Sterigmanthe [Klotzsch et Garcke], Tirucalia [Raf.], Tithymalopsis [Klotzsch et Garcke], Torfasadis [Raf.], Treisia [Haw.], Tricherostigma [Boiss.], Trichosterigma [Klotzsch et Garcke], Tumalis [Raf.], Xamesike [Raf.], Zalitea [Raf.], Zygophyllidium [(Boiss.) Small].

Espécies[editar | editar código-fonte]

Classificação do gênero[editar | editar código-fonte]

Sistema Classificação Referência
Linné Classe Dodecandria, ordem Trigynia Species plantarum (1753)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]