Exile on Mainstream

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Junho de 2008).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Exile on Mainstream
Coletânea musical de Matchbox Twenty
Lançamento 2 de Outubro de 2007
Gênero(s) Rock alternativo
Gravadora(s) atlantic
Produção Steve Lillywhite
Matt Serletic
Cronologia de Matchbox Twenty
Último
Último
More Than You Think You Are
(2002)
North
(2012)
Próximo
Próximo

Exile on Mainstream é o quarto álbum com Matchbox Twenty e álbum é uma compilação com seis novas canções que surgiram a partir de uma canção de doze gravação da sessão em LA, produzido por Steve Lillywhite, e 11 maiores hits. O álbum foi lançado em 2 de outubro de 2007, que é apenas um dia durante onze anos após o seu primeiro álbum, você ou alguém como você foi liberada em 1 de outubro de 1996. No mesmo artigo, Rob Thomas declarou que Paul Doucette, inicialmente o baterista da banda, iria tocar guitarra devido a partida de Adam Gaynor. O título do álbum é uma referência para os Rolling Stones'Exile on Main St.

Todas as seis das novas músicas do disco foram creditadas aos membros do Matchbox Twenty, uma primeira vez para o grupo. Antes disso, quer as canções foram creditadas ao Rob Thomas próprio ou de co-escrito com vários membros da banda, ou, no caso da canção "Disease", co-escrita por Mick Jagger.

O álbum estava disponível para pré-ordem em 4 de setembro de 2007 através do iTunes. O álbum foi lançado em plena VH1's "The Leak" uma semana antes do lançamento. Faixas vazaram para a Internet em 28 de setembro de 2007, quatro dias antes da data de lançamento oficial. O álbum estreou com o australiano ARIA Albums Chart em 8 de outubro de 2007 em-um número com vendas de 18.199 unidades. Nos E.U.A, o álbum estreou a série em três a tabela Billboard 200, vendendo cerca de 131000 cópias em sua primeira semana. O álbum foi lançado no formato USB punho, bem como a edição 2 CD tornando-as a primeira banda a fazê-lo.

O primeiro single, "How Far We've Come", foi lançado em 16 de julho de 2007 e foi um sucesso no top 10 da Austrália e as 20 maiores nos Estados Unidos.

Paul Doucette anunciou em meados de outubro que "These Hard Times" será lançado como o segundo álbum da única no início de 2008. Ela já recebeu alta em downloads iTunes, gráficos sobre a Billboard Pop 100 #92, e está actualmente a desfrutar forte airplay precoce sobre o formato Adult Top 40, ao largo da força de numerosos acrescenta início em meados de dezembro antes do seu lançamento oficial data. Na Austrália, "All Your Reasons" foi lançado como o segundo único em vez de "These Hard Times", e é o único disponível na iTunes Store australiana.

O álbum já vendeu cerca de 660 000 exemplares, até 7 de Julho de 2008.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco 1[editar | editar código-fonte]

  1. "How Far We've Come" - 3:31
  2. "I'll Believe You When" - 3:16
  3. "All Your Reasons" - 2:40
  4. "These Hard Times" - 3:48
  5. "If I Fall" - 2:48
  6. "I Can't Let You Go" - 3:28
  7. "Come Dancing" iTunes Pre-Order - 3:38
  8. "Remedy (Ao vivo)" (originalmente por The Black Crowes)
  9. "Modern Love (Ao vivo)" (originalmente por David Bowie)

Disco 2[editar | editar código-fonte]

  1. "Long Day" - 3:45
  2. "Push" - 3:57
  3. "3 A.M." - 3:44
  4. "Real World" - 3:50
  5. "Back 2 Good" - 5:37
  6. "Bent" - 4:17
  7. "If You're Gone" - 4:34
  8. "Mad Season" - 5:07
  9. "Disease" - 3:38
  10. "Unwell" - 3:57
  11. "Bright Lights" - 4:01