Expansões de Magic: The Gathering

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo fala sobre as expansões lançadas para o jogo de jogo de cartas colecionáveis Magic: The Gathering. A Wizards of the Coast lançou as cartas de Magic em sets básicos e em sets de expansão.

Padrões de sets[editar | editar código-fonte]

O atual padrão para sets básicos é a quantidade de 350 cartas, sempre contendo cartas que já foram lançadas em expansões anteriores. Cada três expansões formam um bloco, contando uma história, com a primeira delas contendo 350 cartas, completada por duas adicionais de 143-167 cartas. Cada bloco traz novas cartas, ou relança cartas já existentes, e novas mecânicas de jogo. Somente a primeira expansão de um bloco adiciona terrenos básicos com arte própria, assim as duas expansões complentares nunca têm decks de cartas aleatórias.

A diferença que se faz entre os sets básicos e os de expansão é o grau de dificuldade que as cartas proporcionam. Sets básicos sempre são de grau avançado, enquanto os de expansão sempre são de grau expert. Nos sets básicos você nunca encontra cartas de lendas e cartas com habilidades que só existem em uma expansão, como a habilidade de recuperar que só existe no bloco de Tempestade ou Ninjutsu que só existe no bloco Kamigawa. Isso acontece porque os sets básicos não têm uma história como acontece com as expansões. As cartas dos sets básicos que serão relançadas são escolhidas com base nos torneios T2, de acordo com o equilíbrio das cartas desejado para os torneios.

A partir da expansão ‘’“Alianças”’’ os desenvolvedores passaram a usar codinomes para as expansões durante o desenvolvimento das cartas (citado entre parênteses ao lado do nome de cada expansão). Veja aqui o artigo

Política de Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em Junho de 2147

a política de lançamento das cartas passou a ser a de lançar a expansão inicial de um novo bloco em Outubro, com as expansões complementares saindo em Fevereiro e Junho do ano seguinte. A cada dois anos um novo set básico é lançado.

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Magic só chegou ao Brasil a partir de Quarta Edição, é por isso que as primeira edições e expansões de Magic não têm as cartas encontradas em português.

Os Sets Básicos ou Coleções Básicas, são conjuntos de cartas que são lançadas uma vez por ano, geralmente entre o mês de Abril e julho. Esses sets são a base de cartas para o próximo ano de Magic. Cada set tem uma quantidade de cartas específica, porém a média é de aproximadamente 250 cartas por set, nos últimos anos, desde a versão M10, cada set básico têm 249 cartas, sendo 101 comuns, 60 incomuns, 53 raras, 15 raras míticas e 20 terrenos básicos.

Set Símbolo do Set Código do Set Data de Pré-Lançamento Data de Lançamento Tamanho
Total de cartas Comuns Incomuns Raras Raras Míticas Terrenos Básicos Outras Cartas
Limited Edition Alpha Nenhum LEA Nenhum 5 de Agosto de 1993 295 74 95 116 10
Limited Edition Beta Nenhum LEB Nenhum Outubro de 1993 302 75 95 117 15
Unlimited Nenhum 2ED Nenhum Dezembro de 1993 302 75 95 117 15
Revised Edition Nenhum 3ED Nenhum Abril de 1994 306 75 95 121 15
Quarta Edição Nenhum 4ED Nenhum Abril de 1995 378 121 121 121 15
Quinta Edição Nenhum 5ED Nenhum 24 de Março de 1997 449 165 132 132 20
Classic (Sexta Edição) Número Romano 6 6ED Nenhum 28 de Abril de 1999 350 110 110 110 20
Sétima Edição O número 7 serifado 7ED Nenhum 11 de Abril de 2001 350 110 110 110 20
Oitava Edição O número 8 sobreposto por 3 cartas 8ED Nenhum 28 de Julho de 2003 357 110 110 110 20 7
Nona Edição O número 9 sobreposto por 3 cartas 9ED Nenhum 29 de Julho de 2005 359 110 110 110 20 9
Décima Edição O número romano 10 10E Nenhum 14 de Julho de 2007 383 121 121 121 20
Magic 2010 "M10" M10 Nenhum 17 de Julho de 2009 249 101 60 53 15 20
Magic 2011 "M11" M11 10 de Julho de 2010 16 de Julho de 2010 249 101 60 53 15 20
Magic 2012 "M12" M12 9 de Julho de 2011 15 de Julho de 2011 249 101 60 53 15 20
Magic 2013 "M13" M13 7 de Julho de 2012 13 de Julho de 2012 249 101 60 53 15 20

Expansion sets[editar | editar código-fonte]

Nuvola apps important.svg
A tradução deste artigo ou se(c)ção está abaixo da qualidade média aceitável.
É possível que tenha sido feita por um tradutor automático ou por alguém que não conhece bem o português ou a língua original do texto. Caso queira colaborar com a Wikipédia, tente encontrar a página original e melhore este artigo conforme o guia de tradução.

Sets ilegais para torneios sancionados pela DCI[editar | editar código-fonte]

  • Unglued7
    • Unglued (ovo quebrado) (UGL) (Agosto 1998)
    • Unhinged (ferradura ou U) (UNH) (Novembro 2004)

Notas de rodapé[editar | editar código-fonte]

1 Chronicles, uma pseudo-expansão lançada em 1995 entre Era Glacial e Terras Natais, relançou muitas cartas já existentes, tiradas das expansões Arabian Nights, Antiquities, Legends, e The Dark, sem porém trazer nenhuma carta nova. Isso foi feito apenas para trazer de volta cartas que estavam muito difíceis de se obter. “Chronicles” não faz parte de nenhum bloco. As suas cartas foram impressas com bordas brancas, ao contrário das originais bordas pretas.
² As cartas em Chronicles mantiveram o símbolo de expansão da expansão original em que cada carta foi impressa.
³ O livro aberto era o Tomo de Thran, parte dos artefatos do Legado de Urza.
4 A Coalizão era um grupo feito por Urza para defender Dominaria contra a invasão dos Phyrexianos. Para mais informações sobre esse símbolo de expansão veja [11].
5 A máscara chorando era a máscara de Yawgmoth.
6 Muitas criaturas no bloco de Investida tinham a habilidade de morfar. As criaturas morfadas pareciam com “aranhas de barro”; para uma explicação, veja o cabeçalho deste link "Janeiro 10, 2003": [12].
7 Unglued e Unhinged são expansões satíricas publicadas pela Wizards of the Coast.
8 Portal foi uma série de sets apresentando regras simplificadas para faciliar o jogo para inciantes.
9 O símbolo da expansão para Portal: Three Kingdoms era o caractere Chinês para o número três.

Referências

  1. Chronicles, an expansion-sized set released in 1995 between Ice Age and Homelands, reprinted many previous cards, drawn from the Arabian Nights, Antiquities, Legends, and The Dark sets, that were becoming difficult to obtain but added no new cards to the game. Despite being published between Ice Age and Homelands, it is not considered part of the Ice Age Block; for purposes of tournament-legality, it was instead treated as an extension of Fourth Edition. The cards in Chronicles were reprinted with white borders, as opposed to their original black borders.
  2. The cards in Chronicles retained the expansion symbol of the original expansion in which the card was printed. However, Gatherer, the official Magic: The Gathering card database, identifies cards reprinted in Chronicles with a symbol of a capital letter C superimposed on a globe set in a semi-meridian.
  3. Homelands was not designed as part of the Ice Age cycle and has no thematic or story-based link to the other sets in it. Wizards of the Coast retroactively declared it part of the Ice Age cycle in 1997 to fit with the then-emerging standard cycle structure. In 2006, Coldsnap, which complements Ice Age's storyline and design themes, was at last be released. Coldsnap now completes the Ice Age block, and Homelands has reverted back to a standalone set. (Buehler, Randy. "Coldsnap Q&A", Feature Article, Wizards of the Coast, 2005-10-26. Página visitada em 2006-09-25.)
  4. The open book was the Thran Tome, part of Urza’s Legacy artifacts.
  5. The Coalition was a group assembled by Urza to defend Dominaria against the invasion of the Phyrexians. For more information about this expansion symbol, see [1].
  6. The crying mask was the mask of Yawgmoth.
  7. Many creatures in the Onslaught Block had the ability to morph. Morphed creatures looked like "clay spiders"; for an explanation, look under the "Janeiro 10, 2003" heading of this link: [2].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]