Expedição Pike

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Capitão Zebulon Pike.

A Expedição Pike (15 de julho de 1806 - 1 de julho de 1807) foi liderada pelo então capitão do Exército dos Estados Unidos, Zebulon Pike. Teve como principal objetivo a exploração e a cartografia da região Central da América do Norte, chegando até às Grandes Planícies e às Montanhas Rochosas no Colorado [1] .

Objetivos da expedição[editar | editar código-fonte]

Criada por ordens de James Wilkinson, então governador do Território da Louisiana, adquirido da França em 1803, a expedição Pike tinha vários objetivos oficiais e pelo menos um objetivo secreto.

Oficialmente, o principal objetivo era explorar e fazer mapas das nascentes do Rio Arkansas e do Rio Vermelho do Sul, ambos afluentes do Rio Mississippi.

O objetivo secreto da missão era identificar os pontos fortes e as posições dos Império Espanhol no que é hoje Colorado, Kansas, Novo México e norte do Texas. Após a compra da Louisiana da França grande parte dos territórios no sudoeste estavam em disputa entre os Estados Unidos e Espanha. Pike e seu pelotão foram avaliar a capacidade espanhola para defender seus interesses em caso de conflito.

Wilkinson não tinha a aprovação dos seus superiores em Washington, para alguns aspectos dessa missão. Depois da partida da expedição, apresentou o assunto ao Departamento de guerra como um fato consumado e, em seguida, recebeu a aprovação oficial.

Trajetória e captura[editar | editar código-fonte]

Pike deixou Fort Bellefontaine perto de Saint Louis em 15 de julho de 1806, à frente de um destacamento de 20 soldados e 50 prisioneiros libertados.

Em uma vila Pawnee em 29 de Setembro, Pike se reuniu com o conselho Pawnee e anunciou o novo protetorado do governo dos Estados Unidos sobre esse território. Ele deu instruções para remover uma bandeira espanhola e, em em seu lugar colocar a bandeira de "Estrelas e Listas".

Em 26 de fevereiro de 1807, Pike e o resto dos seus homens foram capturados por soldados espanhóis sediados em Santa Fé, nas cabeceiras do Rio Grande.

Pike e alguns do seu grupo foram libertados e repatriados em 1 de julho de 1807, mas alguns de seu grupo permaneceram presos por alguns anos no México.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Elliott Coues, The Expeditions of Zebulon Montgomery Pike, Nueva York, 1895, 3 vols.;
  • Stephen Harding Hart y Archer Butler Hulbert, eds., Zebulon Pike's Arkansaw Journal, Denver, 1932.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre História dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.