Eyl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eyl
—  Cidade  —
Vista aérea de Eyl
Vista aérea de Eyl
Eyl está localizado em: Somália
Eyl
Localização de Eyl na Somália
7° 58' N 49° 51' E
País Somália
Região Nugaal
Distrito Eyl
Administração
 - Prefeito Muse Osman Yusef
Altitude 21 m (69 pés)
População (2000)[1]
 - Total 21 700
Fuso horário HAO (UTC+3)

Eyl (ou: Eil, Ceel, Eeyl, Ayl) é uma cidade banhada pelo Oceano Índico, localizada na região de Nugaal, Puntlândia, um Estado auto-proclamado autônomo que surgiu na Somália em 1998.

Esta cidade pesqueira na costa da Somália, foi considerada em 2008 a Capital Pirata do Mundo, pois, supostamente, mantêm-se em sua costa, diversos navios sequestrados (total de 17 em meados de dezembro de 2008) até o pagamento do resgate.

É do porto desta localidade que partem muitos dos atacantes dos piratas do Índico e é ali que regressam com os reféns. Na cidade surgiu toda uma indústria que gravita em torno do sequestro: sequestradores, mediadores, contactos, casas de prostituição e até um serviço de "comida para levar" destinada a piratas e reféns[2] .

Referências

  1. Somalia (SO) (em inglês). Tageo.com. Página visitada em 13 de abril de 2014.
  2. Salvatierra, Miguel. Piratas globalizados: viejas prácticas, nuevos desafíos. Politica exterior XXIII (128), Março/Abril 2009. p. 159. ISSN 0213-6856.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]