Deutscher Werkbund

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Centenário da Deutscher Werkbund.

A Deutscher Werkbund (em português, "Federação Alemã do Trabalho") foi fundada em 1907, por um grupo de arquitetos, designers e empresários alemães que tinham estado, de alguma maneira, ligados ao Jugendstil, ou "Arte Nova Alemã".

Entre seus principais expoentes encontra-se Peter Behrens, Walter Gropius e Mies Van der Rohe.

O ponto alto do trabalho do Werkbund foi uma exposição de arquitetura realizada em 1927, em Stuttgart, no Weissenhofsiedlung (bairro de Weissenhof, conjunto arquitetônico existente até hoje como museu de arquitetura). Sob a direção de Mies van der Rohe, foram convidados 12 dos mais conhecidos arquitetos da época para realizar, através de projetos de edificações uni ou multifamiliares, novas ideias para a arquitetura e o design.

Com o uso de novos materiais, foram desenvolvidos também novos conceitos de habitar. A perda de expressão dos ambientes deveria aqui ser suprimida. O Weissenhofsiedlung era também um experimento que abrangia conceber desde a casa até a taça de café, tudo dentro de uma mesma ideia de configuração. Assim deveriam ser propagados novos conceitos estéticos, além de oferecer a amplas camadas da população instalações a preços acessíveis.

Para o movimento Deutscher Werkbund, a indústria era parte dos novos tempos e, através dela, poder-se-ia ter um mundo melhor, onde o artista e o artesão buscariam, juntos, melhores condições de vida e melhor qualidade dos produtos industriais. Em 1919, esse mesmo grupo funda a escola Bauhaus de arquitetura e artes. Atribui-se a Hermann Muthesius o papel decisivo na sua fundação.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Deutscher Werkbund



Ícone de esboço Este artigo sobre Design é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.