Ficha de telefone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag of Brazil.svgGnome-globe.svg
Esta página ou seção está redigida sob uma perspectiva principalmente brasileira e pode não representar uma visão mundial do assunto.
Por favor aperfeiçoe este artigo ou discuta este caso na página de discussão.
אסימון ישראלי.jpg

As fichas de telefone são fichas utilizadas para fazer ligações de telefones públicos.

Elas Surgiram no Brasil nos anos 60. Seu diâmetro variava de 20 mm a 30 mm e eram fabricadas com ferro, latão, cobre, zamac, entre outros. Elas levavam o nome de sua companhia e região no verso e cada uma delas funcionavam em um tipo específico de telefone público.

Devido a esse problema, em 1970, a CTB fez com que as fichas tivessem um padrão exclusivo para cada área de atendimento.

Na mesma década - 1971 - Foram instituídos dois tipos diferentes de fichas para todo o território brasileiro: As de ligações interurbanas que só funcionavam em telefones públicos azuis, e as de ligações locais que funcionavam somente em telefones públicos vermelhos.

No início dos anos 90, devido aos custos altos para manutenção, recolhimento das fichas nos telefones e também o vandalismo, a empresa Telebrás junto ao seu centro de pesquisa instituiu o uso dos famosos Cartões telefônicos. Isso diminuiu muito os custos de manutenção e reparo dos aparelhos e proporcionou maior comodidade aos usuários do serviço.

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • Hélion de Mello e Oliveira: Fichas Telefonicas Brasileiras. Brazilian Telephone Tokens. Published by the author. Campinas 1999
Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.