Força intermolecular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

As forças intermoleculares são forças que mantém as moléculas unidas umas com as outras. À exceção dos plasmas e dos gases nobres, toda a matéria é composta de átomos combinados em moléculas.

O termo ligação intermolecular também é seguidamente usado, mas não é adequado pois as forças envolvidas não são da mesma intensidade que aquelas que produzem as ligações químicas, que são forças intramoleculares. As atrações intermoleculares são atrações entre uma molécula e uma molécula vizinha. As forças de atração que possuem uma molécula individual em conjunto (por exemplo, as ligações covalentes) são conhecidos como as atrações intermoleculares. Estas duas palavras são tão confusamente similares que é mais seguro abandonar um deles e nunca usá-lo, daí usar-se o termo "ligações" para as forças intramoleculares e o termo forças intermoleculares para a questão aqui em tratamento.[1]

Essas forças são divididas em:

Referências

Química Central 9° Edição

Ícone de esboço Este artigo sobre Química é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.