Forte de Nossa Senhora de Nazaré de Alcobaça

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Forte de Nossa Senhora de Nazaré de Alcobaça localizava-se à margem esquerda do rio Tocantins, atual cidade de Tucuruí, no interior do estado do Pará, no Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Aires de Casal menciona um forte nesta localidade, sem maiores detalhes (Corografia Brasílica. 1817. Tomo II, p. 266. apud SOUZA, 1885:68).

O vigésimo-terceiro Governador e Capitão-general da Capitania do Grão-Pará e Rio Negro, José de Nápoles Telo de Meneses, em 1780, determinou fundar a povoação de Nossa Senhora de Nazaré de Alcobaça, juntamente com um forte de faxina para a sua defesa. As obras da povoação e forte ficaram a cargo do Major Engenheiro João Vasco Manoel de Braun, tendo este último ficado artilhado com seis peças de pequeno calibre. (OLIVEIRA, 1968:747) Artur Viana refere que esses estabelecimentos tinham as finalidades de coibir o contrabando de ouro por aquela via fluvial, impedir a fuga de escravos de Cametá para o Sul e afugentar os indígenas Timbiras, Carajás, Apinajés, Gaviões e outros, que assolavam aquele trecho do rio (OLIVEIRA, 1968:748).

Em 1797 o governador Francisco de Sousa Coutinho determinou ao Alferes Joaquim José Máximo, demolisse o forte de Alcobaça, reunisse os seus habitantes com os de São Bernardo e e fundasse nova povoação para servir de Registro, e que foi São João do Araguaia, junto à Cachoeira de Itaboca. (OLIVEIRA, 1968:748). Ali seria fundada uma Colônia Militar (ver Forte da Cachoeira de Itaboca) (GARRIDO, 1940:30).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BARRETO, Aníbal (Cel.). Fortificações no Brasil (Resumo Histórico). Rio de Janeiro: Biblioteca do Exército Editora, 1958. 368 p.
  • GARRIDO, Carlos Miguez. Fortificações do Brasil. Separata do Vol. III dos Subsídios para a História Marítima do Brasil. Rio de Janeiro: Imprensa Naval, 1940.
  • OLIVEIRA, José Lopes de (Cel.). "Fortificações da Amazônia". in: ROCQUE, Carlos (org.). Grande Enciclopédia da Amazônia (6 v.). Belém do Pará, Amazônia Editora Ltda, 1968.
  • SOUSA, Augusto Fausto de. Fortificações no Brazil. RIHGB. Rio de Janeiro: Tomo XLVIII, Parte II, 1885. p. 5-140.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.