Francisco de Paula Freire de Andrade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Francisco de Paula Freire de Andrade (Rio de Janeiro, 1752 - 29 de março de 1808) foi um militar brasileiro, participante da Inconfidência Mineira.

Filho natural do 2º conde de Bobadela, seguiu como seus antepassados a carreira militar, foi tenente coronel dos dragões do regimento de Minas Gerais em 1789. Apesar do posto militar, patrocinou muito a conspiração republicana do Tiradentes chamada Inconfidência Mineira, e não só entrou nela, como franqueava a casa para ali se reunirem os conjurados. Quando se descobriu a conspiração, foi preso, mas escapou à morte, talvez por pertencer à nobre família dos Freire de Andrade. Seu castigo foi o desterro para Pedras d'Angola, Moçambique, para onde partiu em 1792.

Apesar do seu grande desejo de voltar à pátria, só obteve licença em 1808, depois que a família real partiu para o Rio. Mas o destino não o deixou realizar o desejo pois morreu em viagem em março do mesmo ano.