1752

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SÉCULOS: Século XVII - Século XVIII - Século XIX
DÉCADAS: 1700 1710 1720 1730 1740 - 1750 - 1760 1770 1780 1790 1800
ANOS: 1747 1748 1749 1750 1751 - 1752 - 1753 1754 1755 1756 1757
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikisource Textos originais no Wikisource
1752 em outros calendários
Calendário gregoriano 1752
MDCCLII
Ab urbe condita 2505
Calendário arménio N/A
Calendário chinês 4448 – 4449
Calendário hebraico 5512 – 5513
Calendários hindus
- Vikram Samvat
- Shaka Samvat
- Kali Yuga

1807 – 1808
1674 – 1675
4853 – 4854
Calendário persa 1130 – 1131
Calendário islâmico 1165 – 1166
Calendário rúnico 2002

1752 (MDCCLII, na numeração romana) foi um ano bissexto, de 366 dias, do Calendário Gregoriano, as suas letras dominicais foram B e A, teve 52 semanas, início a um sábado e terminou a um domingo.

"Devolvam-nos os nossos 11 dias" - "Give us our eleven days" - foi um slogan popular inglês contra o calendário gregoriano, lê-se no cartaz de fundo preto, em baixo, à direita, debaixo de um pé - pintura de William Hogarth (1754)

1752 foi o ano em que a Grã Bretanha e as suas colônias adotaram o calendário gregoriano, abandonando o calendário juliano que ainda usavam - a diferença ia já em 11 dias. A alteração foi realizada no mês de setembro que teve apenas 19 dias, passando da quarta feira 2, do calendário juliano, pulou-se para a quinta feira 14, do calendário gregoriano. O ano de 1752 foi no império britânico uma ano bissexto (com as letras dominicais E e D), que se iniciou a uma quarta-feira, mas com a mudança terminou a um domingo, como no calendário gregoriano.

Aqui uma explicação: Esse foi o mês (Setembro) em que a Inglaterra mudou do calendário 'Juliano' para o calendário 'Gregoriano'. Um ano no calendário Juliano tinha 11 dias a mais do que o calendário Gregoriano. Então o rei da Inglaterra ordenou que imediatamente tirassem onze dias do particular mês.

Assim, os operários trabalharam 11 dias a menos no mês, mas foram pagos o mês inteiro. É assim que o conceito de "licença remunerada" nasceu.

No Calendário Juliano, abril costumava ser o primeiro mês do ano, mas o Calendário Gregoriano era janeiro como o primeiro mês. 

Mesmo após a mudança para o calendário gregoriano, muitas pessoas se recusaram a desistir de antigas tradições e continuaram celebrando 01 de abril como o dia do Ano Novo.

Quando ordens simples não funcionaram, o rei finalmente emitiu uma sentença real, que afirmou que aqueles que comemorassem 01 de abril como o dia do Ano Novo seriam rotulado como tolos. Assim , 1o de abril tornou-se o Dia da Mentira


Eventos[editar | editar código-fonte]

Nascimentos[editar | editar código-fonte]

Falecimentos[editar | editar código-fonte]

Por tema[editar | editar código-fonte]



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 1752