Frederico Ubaldo Della Rovere

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frederico Ubaldo Della Rovere
Duque Soberano de Urbino
Portrait of Federico Ubaldo della Rovere by Claudio Ridolfi.jpg
Frederico Ubaldo Della Rovere
Governo
Consorte Cláudia de Médici
Casa Real Casa ducal de Urbino
Dinastia Della Rovere
Vida
Nascimento 16 de Maio de 1605
Pesaro, Ducado de Urbino
Morte 28 de junho de 1623 (18 anos)
Pesaro, Ducado de Urbino
Filhos Vitória Della Rovere
Pai Francisco Maria II Della Rovere
Mãe Lívia Della Rovere

Frederico Ubaldo Della Rovere, em italiano Federico Ubaldo della Rovere (16 de maio de 1605 - 28 de Junho de 1623), foi Duque de Urbino de 1621 a 1623. Era filho de Francisco Maria II Della Rovere e pai de Vitória Della Rovere.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Frederico Ubaldo, era o filho mais velho e herdeiro do de Francisco Maria II Della Rovere, Duque de Urbino, e de Lívia Della Rovere, sendo seus pais primos em segundo grau[1] .

Depois de um casamento estéril, seu pai enviuvou em 1598. Dado que ansiava por um herdeiro para o Ducado de Urbino, apressou-se a casar com sua prima Lívia Della Rovere em 1599, depois de obter a necessária dispensa Papal. Evitar-se-ía, assim, a extinção da família. Frederico Ubaldo foi o fruto deste segundo matrimónio.

Aos 16 amos de idade, seu pai abdicou entregando-lhe o governo do Ducado, pelo que Frederico Ubaldo se tornou Duque Soberano em 1621.

Para dar continuídade à família, casou com Cláudia de Médici, filha de Fernando I, Grão-duque da Toscana e de Cristina de Lorena. O casamento teve lugar em 1621 e no ano seguinte, Cláudia deu à luz uma menina, Vitória Della Rovere. Contudo, passado apenas um ano, Frederico Ubaldo faleceu em Urbino, com um ataque epiléptico, embora desde logo se tenha especulado que fora envenenado.

O pai teve que retomar o trono assistindo ao desaparecimento do seu único herdeiro varão, e acabou por entregar os seus estados ao Papado, que de imediato os integrou nos Estados da Igreja. A viúva, Cláudia de Médici, voltou a casar em 1626 com Leopoldo V da Áustria. A filha herdeira de Frederico Ubaldo casou em 1633 com o primo co-irmão, Fernando II de Médici, Grão-duque da Toscana, mas a sua linhagem extinguir-se-ía em 1737.

Descendência[editar | editar código-fonte]

  • Vitória Della Rovere (7 de fevereiro de 1622 – 5 de março de 1694) que veio a ser Grã-duquesa consorte da Toscana, com geração.

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. ver árvore genealógica em Della Rovere

Referências[editar | editar código-fonte]