Geological Evidences of the Antiquity of Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Geological Evidences of the Antiquity of Man é um livro escrito por Charles Lyell em 1863. As primeiras três edições apareceram de Fevereiro, Abril e Novembro de 1863, respectivamente.

Uma quarta edição substancialmente revista apareceu em 1873. Antiquity of Man, como é conhecido por leitores contemporâneos, lidava com três questões científicas que se tinham tornado predominantes na época: a idade da raça humana, a existência de idades do gelo e a teoria da evolução através de selecção natural de Charles Darwin.

Lyell usou o livro para reverter ou modificar as suas convicções de longo tempo sobre os três assuntos. O livro vendeu bem e ajudou no estabelecimento da nova ciência da arqueologia pré-histórica na Grã-Bretanha, juntamente com o livro de Lubbock, Prehistoric Times.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]