Giovanni Vailati

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giovanni Vailati
Nascimento 24 de abril de 1863
Crema, Itália
Morte 14 de maio de 1909
Roma, Itália
Nacionalidade Itália Italiano

Giovanni Vailati (Crema, 24 de abril de 1863Roma, 14 de maio de 1909) foi um filósofo, engenheiro, historiador da Ciência e pesquisador dos fenómenos espíritas[1] italiano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Graduou-se em Engenharia na Universidade de Turim, onde, após ter trabalhado como assistente de Giuseppe Peano e Vito Volterra, veio a lecionar História da Mecânica entre 1896 e 1899. Renunciou ao cargo académico em 1899 para poder prosseguir os seus estudos estudos de modo independente, tendo então se dedicado a ensinar matemática ao nível liceal. Durante a sua vida ficou internacionalmente conhecido, tendo os seus trabalhos sido traduzidos para o inglês, o francês, e polaco, embora tenha vindo a ser esquecido após o seu falecimento. Veio a ser redescoberto ao final da década de 1950. Em vida não publicou nenhuma obra completa, mas deixou aproximadamente 200 ensaios e artigos em revistas, em uma grande variedade de disciplinas acadêmicas.

Notas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.