Giulio Douhet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giulio Douhet
Nascimento 30 de maio de 1869
Caserta
Morte 15 de fevereiro de 1930 (60 anos)
Roma
Nacionalidade Itália Italiano

Giulio Douhet (Caserta, 30 de maio de 1869Roma, 15 de fevereiro de 1930) foi um general e teórico aeronáutico italiano.

É conhecido por enunciar os princípios e vantagens da utilização da força aérea na organização tática de conflitos armados.

Douhet surgiu, como o verdadeiro pai da aviação estratégica e o promotor de uma guerra aérea inependente, capaz de levar à decisão isoladamente. De carater difícil. em conflito permanente com seus chefes, Douhet consegue desenvolver sua teoria sob o regime facista, com o apoio de Mussolini e de Italo Baldo, o chefe da aviação italiana.

Além do grande número de artigos, quatro obras desenvolvem o essencial de seu pensamento: Il dominio dell' aria, publicada em 1920, revista em 1927; Probabili aspetti della guerra futura, também publicada em 1927; La guerra del 19..., publicação póstuma de 1932, e principalmente La difensa nazionale, escrita em 1923, que é, de longe, segundo Philippe Masson, o melhor livro, seguido de um estudo sugestivo sobre a Primeira Guerra Mundial.

A doutrina de Douhet deriva das experiências do conflito. Como todos os antigos combatentes de sua geração, Douhet foi atingido pelo impasse tático e estratégico da guerra ligada à dramática impotência da infantaria diante dos emaranhados de arame farpado batidos pelo fogo das armas automáticas. Apesar do uso de uma artilharia cada vez mais potente, todas as tentativas de ruptura das frentes fortificadas acabam em batalhas de usura e em perdas proibitivas contra ganhos insignificantes. Por outro lado, todos os combatentes foram atingidos pela facilidade derrisória com que os aviões dos dois campos atravesavam as linhas para desempenhar missões de observação ou bombardeio.

Para sair desse impasse, Douhet só vê uma solução: recorrer à força aérea.

Esse homem teve mérito de explicar o papel capital da aviação num conflito futuro. Indiscutivelmente, ele contribuiu para a independência da força aérea ou a autonomia da força aérea de muios países: Itália, Alemanha, Fança ...

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 1920 - El dominio del aire
  • 1923 - La difensa nazionale
  • 1927 - La Armada Aérea
  • 1927 - Probables aspectos de la guerra futura
  • 1928 - La conquista del dominio del aire
  • 1928 - Dominio en vez de superioridad aérea temporal y localizada
  • 1928 - Contraofensiva
  • 1929 - Resistir en la superficie y formar masa en el aire
  • 1931 - Profecías de Casandra
  • 1932 - La guerra del 19... (publicação póstuma)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "El Dominio del Aire", General Giulio Douhet, Instituto de Historia Y Cultura Aeronáutica. Madrid 1987 ISBN 84-505-4398-3.
  • Revista de Aeronáutica y Astronáutica, 1935. Núm.45, pag.593. "La doctrina Douhet. Opiniones Francesas"
  • Revista de Aeronáutica y Astronáutica, 1943. Núm.35, pag.3. "Evolución de la táctica aérea: ¿nos acercamos a Douhet?"
  • Revista de Aeronáutica y Astronáutica, 1944. Núm.39, pag.3. "El concepto de masa aérea de Douhet".
  • Revista de Aeronáutica y Astronáutica, 1944. Núm.43, pag.3. "Necesario repaso a Douhet".
  • A Segunda Guerra Mundial história e estratégia, 2003. pag 210, 211.