Golfo de Lingayen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Baía de Lingayen no mapa da região de Luzon
San Fabian Pangasinan 2.JPG

O golfo de Lingayen ou baía de Lingayen é um braço do Mar da China que se estende por 56 km para dentro da ilha de Luzon, nas Filipinas. Tem diversas cidades em volta de sua costa, incluindo a cidade do mesmo nome, Lingayen. O golfo abriga um grande número de pequenas ilhas, de tamanhos que variam entre alguns quilômetros e poucos metros, 123 delas dentro do chamado Hundred Islands National Park (Parque Nacional das Cem Ilhas), uma das maiores atrações turísticas do país.

A pesca e a produção de sal marinho – produzido através de um processo de separação a vapor de seus cristais da água salgada do mar - são as duas principais atividades econômicas na região.

Segunda Guerra Mundial[editar | editar código-fonte]

O golfo de Lingayen é historicamente famoso por ser um local intimamente ligado às batalhas pelo domínio das Filipinas durante a Segunda Guerra Mundial. Foi aqui que as tropas japonesas desembarcaram em dezembro de 1941, iniciando a invasão do país, que culminaria quatro meses depois na vitória em Corregidor e consequente fuga do General Douglas MacArthur para a Austrália. E foi também aqui que as tropas norte-americanas desembarcaram em 9 de janeiro de 1945, dando início à retomada da ilha das mãos do Império Japonês, após um devastador bombardeio naval da frota aliada e o desembarque de mais de 200 000 soldados nas praias do golfo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia das Filipinas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.