Guilherme Marechal, 1.º Conde de Pembroke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guilherme Marechal foi o maior cavaleiro do seu tempo. Pela Chronica Major de Matthew Paris, Marshal fazendo Baldwin de Guisnes cair do cavalo.

Guilherme Marechal, 1.º Conde de Pembroke (114614 de maio de 1219) era um soldado e estadista anglo-normando. Ele tem sido descrito como o "maior cavaleiro que jamais viveu" (Stephen Langton). Ele serviu quatro reis - Henrique II, Ricardo Coração de Leão, João e Henrique III de Inglaterra - e passou da obscuridade para se tornar regente de Inglaterra e um dos homens mais poderosos da Europa. Antes dele, o título hereditário de "Lord Marshal" designava uma espécie de chefe de segurança da casa do rei de Inglaterra; pelo que quando ele morreu, as pessoas em toda a Europa referem-se a ele simplesmente como o "Marechal".

Cumprindo uma promessa que tinha feito, quando esteve em contacto com as cruzadas, foi investido na ordem dos Cavaleiros Templários no seu leito de morte.

Faleceu em 14 de Maio de 1219, em Caversham, e foi sepultado na Igreja do Templo, em Londres, onde seu túmulo ainda pode ser visto.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • DUBY, Georges. Guilherme Marechal ou o melhor cavaleiro do mundo. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1987.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.