Hanja

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Hangul, hanja.png Este artigo contém texto em coreano.
Sem suporte multilingue apropriado, você verá interrogações, quadrados ou outros símbolos em vez de hangul ou hanja.

Hanja (hangul: 한자; hanja: 漢字; literalmente: "caracteres Han"), ou Hanmun (한문; 漢文), às vezes traduzido como caracteres sino-coreanos, é o nome que recebem os caracteres chineses (Hanzi) em coreano, de forma mais específica, se refere àqueles caracteres que os coreanos tomaram "emprestados" e incorporaram a seu idioma, mudando sua pronúncia. Ao contrário dos caracteres kanji japoneses, no qual alguns têm sido simplificados e uma vez que o hanja nunca passou por uma reforma, quase todos os hanja são idênticos aos hanzi do chinês tradicional, embora alguns difiram um pouco da forma tradicional. Isso significa que comparado aos caracteres utilizados no Japão e na China continental, os hanjas possuem mais traços.

Chinês tradicional Coreano

Apesar da existência de um alfabeto coreano, conhecido como hangul, criado por um grupo de estudiosos em torno de 1440 contratados pelo rei Sejong, o mesmo não foi usado amplamente até o fim do século 19. Até então era necessário ser fluente na escrita e leitura em hanja para ser considerado uma pessoa literada na Coreia, uma vez que a maior parte da literatura coreana e outros documentos eram escritos através do uso de hanja. Hoje em dia a cena mudou: estudiosos que estudam a história da Coreia devem aprender hanja para ler documentos históricos enquanto que para o público geral, a aprendizagem ajuda a entender como determinadas palavras foram criadas. Hanja não é usado em palavras nativas coreanas, que são sempre escritas em hangul, e até mesmo palavras de origem chinesas - hanja-eo (한자어, 漢字語) - são escritas em coreano na maior parte das vezes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.