Helvécio Martins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Helvécio Martins (Rio de Janeiro, 27 de julho de 1930Santo André, 14 de maio de 2005) foi um executivo e religioso mórmon brasileiro, tendo sido o primeiro membro de ascendência africana de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias a ser denominado líder administrativo e eclesiástico.

Batizou-se na fé mórmon já adulto, em 1972, apesar de saber que até então o sacerdócio não era aberto a membro negros. Depois da revogação do impedimento em 9 de junho de 1978, Martins foi ordenado sacerdote e élder, e recebeu ordenanças no templo, servindo depois como bispo, conselheiro numa presidencia de estaca e presidente da missão mórmon em Fortaleza.

Em abril de 1990, o presidente da Igreja, Ezra Taft Benson, convocou Martins para ser membro do Segundo Quórum dos Setenta, tornando-se assim o primeiro negro a ocupar tal posição na história. Serviu nessa posição até 1995.

Faleceu em Santo André, São Paulo, em 14 de maio de 2005, aos 74 anos.

Seu filho Marcus Martins é ex-chefe do departamento de religião na Brigham Young University-Hawaii.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • MARTINS, Helvécio; GROVER, Mark - The Autobiography of Elder Helvecio Martins. Aspen Books, 1994 ISBN 1562362186

Ligações externas[editar | editar código-fonte]