Portal:Santos dos Últimos Dias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteúdo · Temas gerais · Resumo do conhecimento · Portais · Categorias · Anexos por tema · Glossários · Índice A-Z

Portal Santos dos Últimos Dias

As Regras de Fé são uma profissão de fé do mormonismo semelhante ao Decálogo judaico-cristão e ao Credo niceno católico.

As Regras de Fé

  1. Cremos em Deus, o Pai Eterno, e em Seu Filho, Jesus Cristo e no Espírito Santo.
  2. Cremos que os homens serão punidos pelos seus próprios pecados e não pela transgressão de Adão.
  3. Cremos que, por meio do Sacrifício Expiatório de Cristo, toda a humanidade pode ser salva pela obediência às leis e ordenanças do Evangelho.
  4. Cremos que os primeiros princípios e ordenanças do Evangelho são: primeiro, fé no Senhor Jesus Cristo; segundo, arrependimento; terceiro, batismo por imersão para a remissão dos pecados; quarto, imposição das mãos para o dom do Espírito Santo.
  5. Cremos que um homem deve ser chamado por Deus, pela profecia e pela imposição das mãos, por quem possua autoridade para pregar o Evangelho e administrar as suas ordenanças.
  6. Cremos na mesma organização existente na Igreja Primitiva, isto é, apóstolos, profetas, pastores, mestres, evangelistas, etc.
  7. Cremos no dom das línguas, profecia, revelação, visões, cura, interpretação das línguas, etc.
  8. Cremos ser a Bíblia a palavra de Deus, o quanto seja correta sua tradução; cremos também ser o Livro de Mórmon a palavra de Deus.
  9. Cremos em tudo o que Deus tem revelado, em tudo o que Ele revela agora, e cremos que Ele ainda revelará muitas grandes e importantes coisas pertencentes ao Reino de Deus.
  10. Cremos na coligação literal de Israel e na restauração das Dez Tribos; que Sião será construída neste continente (o americano); que Cristo reinará pessoalmente sobre a terra; e que a mesma será renovada e receberá a sua glória paradisíaca.
  11. Pretendemos o privilégio de adorar a Deus, Todo Poderoso, de acordo com os ditames da nossa consciência e concedemos a todos os homens o mesmo privilégio, deixando-os adorar como, onde, ou o que quiserem.
  12. Cremos na submissão aos reis, presidentes, governadores e magistrados, na obediência, honra e manutenção da lei.
  13. Cremos em ser honestos, verdadeiros, castos, benevolentes, virtuosos e em fazer o bem a todos os homens: na realidade, podemos dizer que seguimos a admoestação de Paulo - Cremos em todas as coisas e confiamos em todas as coisas, temos suportado muitas coisas e confiamos na capacidade de tudo suportar. Se houver qualquer coisa virtuosa, amável ou louvável, nós a procuraremos.


A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é uma igreja de fundamentação cristã, com características restauracionistas e cujos membros são conhecidos popularmente como mórmons. O nome oficial da igreja se refere a Jesus Cristo como seu líder e a conversão dos fiéis, ou santos, à igreja, na última dispensação — de onde surge a referência aos últimos dias. O termo santos é a mesma denominação usada na época que Jesus Cristo veio a Palestina (veja Atos 9:13, 9:32,9:41 e 26:10).

O termo mórmon, geralmente usado para referir-se aos membros da Igreja, deriva do nome do profeta Mórmon, que é um dos autores e compiladores das escrituras que formaram O Livro de Mórmon, Outro Testamento de Jesus Cristo. Apesar de os termos mórmon e mormonismo serem aceitos pela própria Igreja, a denominação oficial recomendada para os fiéis é santos dos últimos dias, ou o acrônimo em português "SUD" e em inglês LDS (Latter-day Saints). No Brasil atualmente existem quase 1 milhão de membros. (928.926 membros da Igreja em 31 Dezembro 2006).

A sua sede fica situada no estado de Utah (o qual foi fundado pelos mórmon), nos Estados Unidos da América, na cidade de Salt Lake City. Está presente em mais de 160 países e hoje possui quase treze milhões de seguidores, dos quais mais de metade estão fora dos Estados Unidos (dados oficiais de Abril de 2007). A Igreja mantém registros cuidadosos de seus membros, incluindo informações sobre a sua árvore genealógica; estas informações são importantes devido à crença na possibilidade da salvação dos antepassados, através do batismo vicário feito pelos seus descendentes. A salvação só poderá ser alcançada se os antepassados aceitarem o Evangelho no "mundo espiritual", lugar onde o espírito dos mortos aguardam a ressurreição.

Os Santos dos Últimos Dias fazem parte de um movimento religioso restauracionista iniciado no século XIX nos Estados Unidos da América e liderado inicialmente por Joseph Smith Jr, definido pelos seus seguidores como primeiro Profeta desta época.


Onde posso ajudar

Artigo destacado[editar | editar código-fonte]

O Livro de Mormon.jpg

O Livro de Mórmon é uma das quatros obras-padrão de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. As demais obras são Doutrina e Convênios, Pérola de Grande Valor e a Bíblia.

A exemplo da Bíblia, o Livro de Mórmon é uma coleção de pequenos livros, ou uma biblioteca. Note-se que dentre estes pequenos livros há um homônimo Livro de Mórmon escrito pelo mesmo Mórmon a quem se credita a compilação da biblioteca que leva seu nome.

Os Santos dos Últimos Dias são comumente chamados mórmons devido a este livro.


Joseph Smith, Jr. portrait owned by Joseph Smith III.jpg

Joseph Smith Jr. (Sharon, Vermont, 23 de dezembro de 1805Carthage, Illinois, 27 de junho de 1844) foi um religioso norte-americano, fundador do Movimento dos Santos dos Últimos Dias, conhecido pelos não-membros como mormonismo. Smith era conhecido por seus seguidores como profeta, vidente e revelador da parte de Deus.

Joseph Smith first vision stained glass.jpg

Primeira Visão (First Vision) é o nome dado pelos Santos dos Últimos Dias a uma narrativa de Joseph Smith Jr descrevendo um evento ocorrido em 1820 em um bosque perto de sua residência (agora chamado Bosque Sagrado) ao noroeste de Nova Iorque.

Imagem destacada[editar | editar código-fonte]

Estátua de Cristo no Centro de Visitantes na Praça do Templo de Salt Lake City