Mórmon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Os Santos dos Últimos Dias. Pode-se discutir o procedimento aqui. (desde março de 2014)
Série temática sobre os
Santos dos Últimos Dias
Salt Lake Temple spires.jpg
História
Primeira Visão
Crise na sucessão
Escrituras-padrão
Livro de Mórmon
Doutrina e Convênios
Pérola de Grande Valor
Bíblia
Importantes líderes
Joseph Smith Jr. · Oliver Cowdery
Sidney Rigdon · Brigham Young
Thomas S. Monson
Publicações Periódicas (em português)
A Liahona
Doutrinas
Regras de fé
Estrutura
Primeira Presidência
Quórum dos Doze Apóstolos
Quórum dos Setenta
Conflitos
Guerra Mórmon · Guerra de Utah
Legião Nauvoo · Batalhão Mórmon
Ramificações
A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
Comunidade de Cristo
Bickertonitas · Strangitas
Igreja de Cristo (Lote do Templo)


O apelido mórmons foi criado por pessoas que não pertenciam à Igreja para se referirem aos membros (a princípio) de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias restaurada em 6 de Abril de 1830. Relata-se que a Igreja foi restaurada por intermédio do Profeta Joseph Smith Jr., sendo a mesma igreja que Jesus Cristo fundara em seu ministério na terra há 1830 anos atrás. Em uma manhã da primavera de 1820, em dúvida sobre qual igreja estava certa, Joseph teria decidido orar ao Senhor Deus, depois de ler Tiago 1:5 na Bíblia, que diz: e se algum de vós tem falta de sabedoria, peça a Deus que a todos dá liberalmente e não o lança em rosto e ser lhe a dada. E então em um bosque perto de sua casa, Joseph teria orado perguntando e pedindo por sabedoria, qual era a igreja verdadeira?, e então o próprio Joseph Smith relata: "(...)vi um pilar de luz acima de minha cabeça, mais brilhante que o sol, que descia gradualmente sobre mim. Quando a luz pousou sobre mim, vi dois Personagens cujo esplendor e glória desafiam qualquer descrição, pairando no ar, acima de mim. Um deles falou-me, chamando-me pelo nome, e disse, apontando para o outro: Este é Meu Filho Amado. Ouve-O!(...)", e Jesus Cristo, o salvador e redentor do mundo, revelou que nenhuma das crenças no mundo eram verdadeiras, e que ele (Joseph), deveria restaurar a igreja de Jesus Cristo exatamente como era antes, com doze apóstolos e um profeta.

Origem[editar | editar código-fonte]

Segundo os Mormons, o termo mórmon inicialmente era o nome de um local onde o profeta Alma ensinou o Evangelho de Jesus Cristo ao povo do Rei Noé[1] que vivia na terra de Leí-Néfi próximo ao ano 146 a.C.[2] Mórmon também é um personagem do Livro de Mórmon[3] . No livro ele é um profeta historiador que viveu nas Américas aproximadamente no ano de 321 d.C... Relata-se que Mórmon morreu por volta do ano 400-421 d.C. (Mórmon 8:3).

Personagem[editar | editar código-fonte]

Mórmon é o nome de um dos últimos profetas Nefitas, general militar e mantenedor de registros, que viveu aproximadamente entre 311 e 385 d.C..[4] Foi lhe dado este nome por causa do lugar acima.[5]

Após registrar a história que presenciou durante a vida, Mórmon resumiu os registros mantidos por seus antecessores numa única compilação, chamada Placas de Mórmon. Mais tarde, ele transferiu este registro sagrado a seu filho, Morôni. Estas placas faziam parte dos registros usados por Joseph Smith para traduzir O Livro de Mórmon.[6]

Registros[editar | editar código-fonte]

Membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias[editar | editar código-fonte]

O apelido mórmons foi criado por pessoas que não pertenciam à Igreja para se referirem aos membros (a princípio) de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias restaurada em 6 de Abril de 1830.

O nome provém de um sagrado livro de escrituras compilado pelo antigo profeta Mórmon, intitulado O Livro de Mórmon, Outro Testamento de Jesus Cristo. Segundo a versão oficial da igreja o nome dado pelo Senhor, pelo qual os membros da Igreja devem ser conhecidos é santos dos últimos dias (SUD).[7]

Segundo a doutrina da igreja, nesta dispensação, que é a da plenitude dos tempos ou a última dispensação antes do glorioso dia da segunda vinda de Jesus Cristo foi incluído "dos Últimos Dias" para designar os membros da igreja nesta época, pois verdadeiramente estamos nos últimos dias.[8]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bíblia, Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios, Pérola de Grande Valor. Apêndice com Guia de Estudo das Escrituras.
Bíblia, Livro de Mórmon, Doutrina e Convênios, Pérola de Grande Valor. Apêndice com Guia de Estudo das Escrituras.