Henrique II da Baviera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Representação de Henrique II da Baviera.

Henrique II (951-995), chamado o Wrangler ou o Briguento ", em alemão Heinrich der Zänker, era filho de Henrique I e de Judite da Baviera.

Ele sucedeu ao seu pai quando tinho quatro anos de idade, sob a tutela da sua mãe, Judite. Henrique casou-se com Gisela da Borgonha, uma sobrinha da imperatriz Adelaide da Itália. Em 974, resolveu derrubar o Imperador Otão II. No entanto, a tentativa falhou e ele foi levado em cativeiro para Ingelheim. Henrique acabou por escapar e instigou uma revolta na Baviera, mas foi derrotado em 976 e despojado do seu ducado. Dois anos depois, após a Guerra dos Três Henriques, Henrique foi colocado sob a custódia do Bispo de Utrecht. Como consequência da sua revolta na Baviera, perdeu o seu território do Sudeste, incluindo a Áustria.

Após a morte de Otão da Baviera, que entretanto lhe sucedera no trono ducal, ele foi libertado da prisão e tentou mais uma vez usurpar o trono alemão, raptando o infante Otão III. Embora ele tenha falhado na sua tentativa para ganhar o controlo da Alemanha, ele recuperou a Baviera.

A sua filha Gisela da Baviera casou-se com Santo Estêvão I da Hungria, enquanto que o seu filho se tornou o Imperador Santo Henrique II .

Precedido por
Henrique I
Duque da Baviera
955 - 976
Sucedido por
Otão I
Precedido por
Henrique III
da Baviera
985 - 995
Sucedido por
Henrique IV