Hussein Farrah Aidid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Hussein Mohamed Farrah Aidid (Somali: Xuseen Maxamed Faarax Caydiid, em árabe: حسين محمد فارح عيديد), (nascido em 16 de agosto de 1962) é um veterano do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e ex-presidente da Somália. Ele é o filho do General Mohamed Farrah Aidid.

Nascido em Beledweyne, Farrah é filho de Mohamed Farrah Aidid e às vezes é conhecido como Hussein Mohamed Farrah Aidid, Hussein Aidid[1] ou Aidid Junior.[2] Ele emigrou para os Estados Unidos quando tinha 17 anos de idade,[3] e frequentou a Covina High School, em Covina, Califórnia, graduando-se em 1981.

Em abril de 1987, Farrah se alistou no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Após a sua formação, passou a servir na base dos fuzileiros navais na reserva em Pico Rivera, Califórnia como um atirador na Bateria B no 14ª Regimento da Marinha.[4] Atuou na Somália, como tradutor durante a Operação Restore Hope, tendo sido escolhido porque era o único marine que falava somali..[5] Após a sua dispensa, permaneceu nos Estados Unidos e se tornou um cidadão naturalizado.

Quando completou 30 anos de idade, Farrah foi selecionado pelo clã Habar Gidir como sucessor de seu pai e voltou para a Somália.[6] Após a morte de seu pai, em 1 de agosto de 1996, Hussein foi empossado como "presidente interino",[7] e tornou-se líder da Aliança Nacional Somali (SNA), a mesma aliança que seu pai liderava contra as forças estadunidenses. Farrah era visto pelo Ocidente como uma oportunidade de melhoria para as relações entre eles e a Somália.

Em 22 de dezembro de 1997, ele renunciou ao contestado título de presidente ao assinar a Declaração do Cairo, no Cairo, Egito, após um processo de paz entre a administração Salbalar e o Grupo Soodare.[8]

Referências

  1. Somalia's thoughtful 'warlord' BBC
  2. Somalia: Somali faction hands over thousands of landmines SomaliNet
  3. From Marine to warlord: The strange journey of Hussein Farrah Aidid
  4. Ricks, Thomas. Making The Corps. New York: Scribner, 1997. p. 219.
  5. "Boston.com / Fighting Terrorism", The Boston Globe.
  6. Hussein Farrah Aydiid Dictator for Hire
  7. Death of a Warlord: The succession. Visitado em 2007-01-30.
  8. "Somali Factions Sign Peace Agreement", CNN, 1997-12-22. Página visitada em 2007-01-14.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]