IC 418

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nebulosa do Espirógrafo
{{{legenda}}}
IC 418
Dados observacionais (J2000)
Constelação Lepus
Asc. reta 05h 27m 28.20s
Declinação -12° 41′ 50.3"
Magnit. apar. 11
Características físicas
Raio 0,15 anos luz
Outras denominações
Nebulosa Espirógrafo
[[Imagem:|250px|]]

IC 418 é uma nebulosa planetária na constelação de Lepus, a cerca de 2000 anos luz da Terra. É conhecida também com o nome de Nebulosa do Espirógrafo, pela sua forma lembra os desenhos geométricos que se realizam com um espirógrafo.

A imagem da nebulosa obtida com o Telescópio Espacial Hubble permite diferenciar a emissão de nitrogênio ionizado -o gás mais afastado do núcleo e o menos quente-, a emissão de hidrogênio -na parte intermédia-, e a emissão de oxigênio ionizado -o gás mais quente e o mais próximo do núcleo-.[1]

No centro da nebulosa encontra-se uma estrela nas etapas finais da sua evolução estelar, a qual, até há poucos milhares de anos, era uma gigante vermelha. Ejetou as suas camadas exteriores para o espaço formando a nebulosa, cujo diâmetro atual é de 0,3 anos luz.[2] O remanente estelar que atualmente é o núcleo da estrela emite radiação ultravioleta provocando a fluorescência do gás que o rodeia. Com o transcurso do tempo a nebulosa ir-se-á dispersando no espaço, ficando no que foi o seu centro uma anã branca, que devagar se irá esfriando.[1]

Referências

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em espanhol, cujo título é « IC 418».


Ligações externas[editar | editar código-fonte]