Ian Cox

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cox
Informações pessoais
Nome completo Ian Gary Cox
Data de nasc. 25 de Março de 1971 (43 anos)
Local de nasc. Croydon,  Reino Unido
Nacionalidade Inglês e trinitário
Altura 1,83 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Zagueiro/volante/lateral
Clubes de juventude
1993-1994 Inglaterra Carshalton Athletic
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1994-1996
1996-2000
2000-2003
2003-2008
2008-2009
Inglaterra Crystal Palace
Inglaterra Bournemouth
Inglaterra Burnley
Inglaterra Gillingham
Inglaterra Maidstone United
015 0(0)
173 (16)
115 0(5)
154 0(6)
021 0(2)
Seleção nacional
2000–2006 Trinidad e Tobago Trinidad e Tobago 16 (0)

Ian Gary Cox (Croydon, 25 de março de 1971) é um ex-futebolista trinitário nascido na Inglaterra. Atuava como zagueiro, chegando a jogar ainda como volante ou lateral.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Cox, revelado nas categorias de base do Carshalton Athletic, fez sua estreia profissional em 1994, no Crystal Palace, que o contratara por 40 mil libras. Tendo atuado apenas quinze vezes pelas "Águias" (duas como titular), foi liberado para assinar livremente com o Bournemouth em 1996, se destacando pelos gols marcados nos quatro anos em que esteve nos Cherries (16 em 173 partidas). O desempenho fez com que o Burnley pagasse 500 mil libras para contar com os serviços do zagueiro, que jogou 115 partidas e marcou cinco gols com a camisa dos Clarets.

Em 2003, chegou ao Gillingham numa transferência sem custos; nas cinco temporadas em que esteve no time, marcou seis gols em 154 partidas. Ao final de seu contrato com o Gillingham, Cox assinou com o Maidstone United, time da Isthmian League (divisão superior), onde atuaria em 21 jogos e marcou dois gols. Porém, como o Maidstone tinha estatuto de clube amador, Cox trabalhava também como funcionário de uma penintenciária, e isso impediu que o zagueiro tivesse uma sequência maior de jogos. Em abril de 2009, fez mais quatro partidas antes de encerrar sua carreira, aos 38 anos.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Embora fosse inglês de nascimento, Cox optou em defender a Seleção de Trinidad e Tobago, uma vez que por estar longe da elite do futebol inglês, suas chances de defender a Seleção da "velha Albion" eram nulas. Sua estreia nos "Soca Warriors" deu-se em 2000, num jogo contra o México.

A primeira tentativa de Cox em disputar uma Copa do Mundo não foi bem-sucedida: nas eliminatórias para a Copa de 2002, Trinidad e Tobago marcou apenas uma vitória, dois empates e sete derrotas na fase final. Isso fez com que ele decidisse abandonar a seleção, mas reviu a decisão com a chegada do holandês Leo Beenhakker, que classificou os Soca Warriors para a Copa de 2006, graças à vitória na repescagem frente ao Bahrein.

Convocado como lateral-direito, Ian não teve chance de entrar em campo nos três jogos de Trinidad, que caiu na primeira fase com um ponto ganho, obtido frente à tradicional Suécia. Pela Seleção Trinitária, foram 16 jogos e nenhum gol marcado[1] .

Referências

  1. Trinidad and Tobago - Record International Players (em inglês). RSSSF (28 de julho de 2013).
Bandeira de InglaterraSoccer icon Este artigo sobre futebolistas ingleses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Bandeira de Trinidad e TobagoSoccer icon Este artigo sobre futebolistas trinitário-tobagenses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.