Intel 80386

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
UCP Intel i386 DX de 33 MHz.

O microprocessador 80386 (ou i386) da Intel foi utilizado em diversos microcomputadores entre 1986 e 1994. O 80386 foi um divisor de águas na indústria de informática que dá suporte à plataforma PC, pois foi o primeiro a utilizar multitarefa preemptiva (capacidade de executar mais de uma aplicação ao mesmo tempo), instruções de 32 bits e memória em modo protegido de maneira realmente eficiente.

O i386 pertence à família de processadores 8086, 80286, 80386, 80486, Pentium (80586), Pentium II (80686), Pentium III, Pentium 4. Cada novo processador lançado pertencente a essa família manteve compatibilidade reversa com o conjunto de instruções do processador anterior e adicionou novas instruções.

Arquitetura[editar | editar código-fonte]

i386SX[editar | editar código-fonte]

Após ter começado a produzir o 80386, a Intel lançou o i386SX, projetado para ser uma versão de baixo custo da linha 386. A série de chips SX era internamente de 32 bits, mas tinha um barramento externo de dados de 16 bits, já o barramento externo de endereços tinha largura de 24 bits o que limitava a capacidade do processador de endereçar diretamente até 16 MB de memória física. Essa redução da largura dos barramentos externos ao processador era um artificio para redução de custos que já vinha sendo empregado desde o 8088 do IBM-PC original. O i386 original foi posteriormente rebatizado como i386DX para evitar confusão. Nem mesmo a UCP incluía um coprocessador matemático (a maioria das placas-mãe desta época possuía um soquete para um i387), embora a nomenclatura houvesse causado certo atrito posteriormente, quando o i486 passou a ser produzido numa versão DX que incluía capacidade de ponto flutuante (a qual estava fisicamente presente, mas desabilitada nos primeiros i486SXs).

i386SL[editar | editar código-fonte]

O Intel 80387SL, coprocessador para o i386SL.

O i386SL foi produzido como um microprocessador alternativo para laptops. A UCP oferecia várias opções de gerenciamento de energia (por exemplo, SMM), bem como modos de "hibernação" variados para economizar bateria. Também continha suporte para um cache externo de 16 a 64 KiB. As funções extras fizeram com esta variante contivesse 3 vezes mais transistores do que o i386DX. O primeiro i386SL disponível tinha um clock de 20 MHz[1] , com um modelo de 25 MHz lançado posteriormente.[2]

Versões embarcadas[editar | editar código-fonte]

Uma versão embarcada do i386SX foi produzida como i376. Esta, foi mais tarde superada pelo i386EX, a qual foi usada em aplicações espaciais, tais como no Telescópio Espacial Hubble.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre hardware é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.