Pentium III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pentium III
Microprocessador

Pentium3processor.jpg
Pentium III "Coppermine"

Produzido em: De 1999 a 2003
Fabricante: Intel
Frequência do Processador: 450 MHz a 1400 MHz
Frequência do barramento: 100 MHz a 133 MHz
Lisura: 130 nm a 250 nm
Conjunto de instruções: x86, MMX e SSE
Fabricantes:
Núcleos:
  • Katmai
  • Coppermine
  • Coppermine-T
  • Tualatin

O Pentium III é um microprocessador de sexta geração fabricado pela Intel, tendo a mesma arquitetura do Pentium Pro e concorria com o Athlon da AMD. As primeiras versões eram muito parecidas com o Pentium II mas com instruções SSE. Igualmente com o que aconteceu com Pentium II, existia uma versão Celeron "low-end" e um Xeon com a mesma arquitetura. Foi substituído pelo Pentium 4 que teve a missão de aumentar a freqüência do processador mas depois serviu de base para a arquitetura Core.

Núcleos[editar | editar código-fonte]

Katmai[editar | editar código-fonte]

A primeira versão era muito parecida com o Pentium II que usava um processo de fabricação de 250 nm, utilizava o Slot 1 mas tinha instruções SSE incluídas. Havia sido melhorado o seu controlador de cache L1, o que aumentava um pouco o desempenho. Os primeiros modelos tinham freqüências de 450 e 500 MHz.

Coppermine[editar | editar código-fonte]

Pentium III "Coppermine" Slot 1

A segunda versão tinha o cache L2 de 256 KB na mesma freqüência do processador contra os 50% do núcleo Katmai, havia modelos com o Soquete 370 e uma grande novidade é o processo de fabricação é de 180 nm, uma verdadeira revolução. Depois do Coppermine houve uma revisão do núcleo chamada Coppermine-T, os primeiros modelos foram lançados com freqüências de 500, 533, 550, 600, 650, 667, 700 e 733 MHz. Mais tarde a Intel lançou modelos operando a 750, 800, 850, 866, 933 e 1000 MHz.

Tualatin[editar | editar código-fonte]

Essa foi a revisão final do Pentium III, já que o seu sucessor o Pentium 4 havia sido lançado. A despedida de arquitetura trouxe a tecnologia de 130 nm, existia modelos Pentium III-S que tinham mais cache L2. Foram lançados modelos com freqüência de 1133, 1200, 1266 e 1400 MHz.

Modelos[editar | editar código-fonte]

Katmai (250 nm)[editar | editar código-fonte]

  • L1-Cache: 16 + 16 KiB (Dados + Instruções).
  • L2-Cache: 512 KiB, com 50% da freqüencia do processador.
  • MMX, SSE.
  • Slot 1 .
  • Barramento externo: 100 e 133 MT/s.
  • VCore: 2.0 V, (600 MHz: 2.05 V).
  • Primeira leva: 17 de Maio, 1999.
  • Frequência: 450-600 MHz.
    • 100 MHz FSB: 450, 500, 550, 600 MHz.
    • 133 MHz FSB: 533, 600 MHz (Modelo B).

Coppermine (180 nm)[editar | editar código-fonte]

  • L1-Cache: 16 + 16 KiB (Dados + Instruções).
  • L2-Cache: 256 KiB, na mesma frequência do processador..
  • MMX, SSE.
  • Slot 1, Soquete 370 (FC-PGA).
  • Barramento externo: 100, 133 MT/s.
  • VCore: 1.6V (cA2), 1.65 (cB0), 1.70 (cC0), 1.75 V cD0.
  • Primeira leva: 25 de Outubro, 1999.
  • Frequência: 550 - 1133 MHz.
    • 100 MHz FSB: 550, 600, 650, 700, 750, 800, 850, 900, 1000, 1100 MHz (Modelo E).
    • 133 MHz FSB: 533, 600, 667, 733, 800, 866, 933, 1000, 1133 MHz (Modelo EB).

Coppermine-T (180 nm)[editar | editar código-fonte]

  • L1-Cache: 16 + 16 KiB (Dados + Instruções).
  • L2-Cache: 256 KiB, na mesma frequência do processador.
  • MMX, SSE.
  • Soquete 370 (FC-PGA2).
  • Barramento externo: 133 MT/s.
  • VCore: 1.75 V.
  • Primeira leva: Junho, 2001.
  • Frequência: 866, 933, 1000, 1133 MHz.

Tualatin (130 nm)[editar | editar código-fonte]

  • L1-Cache: 16 + 16 KiB (Dados + Instruções).
  • L2-Cache: 256 or 512 KiB, na mesma freqüência do processador.
  • MMX, SSE.
  • Soquete 370 (FC-PGA2).
  • Barramento externo: 133 MT/s.
  • VCore: 1.45, 1.475 V.
  • Primeira leva: 2001.
  • Freqüência: 1000 - 1400 MHz.
    • Pentium III (256 KiB L2-Cache): 1000, 1133, 1200, 1333 MHz.
    • Pentium III-S (512 KiB L2-Cache): 1133, 1266, 1400 MHz.