João I, Conde de Foix

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

João de Grailly (c. 1382 - 4 de maio de 1436) foi conde de Foix, co-príncipe de Andorra, visconde de Béarn, de Marsan e de Castelbo, de 1412 a 1436, e conde de Bigorra, de 1425 a 1436. Era o filho primogênito de Arquibaldo I de Grailly, captal de Buch, e de Isabel de Castelbo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

João sucedeu sua mãe através de um acordo de 22 de fevereiro de 1412, embora os Estados de Béarn tenham objetado fortemente a esse acordo familiar e se recusaram firmemente a ouvir o juramento de João até a morte de Isabel, em 1428. Tendo servido a Carlos VI da França na Aquitânia e a Martim I de Aragão na Sardenha, João se tornou lugar-tenente do rei em Languedoc, quando uma antiga disputa entre Foix e Armagnac estourou novamente. Durante a contenda entre os borgonheses e os Armagnacs, ele conspirou com ambos os partidos, e conseqüentemente ganhou a desconfiança do delfim, futuro Carlos VII da França.

Desertando a causa da França, ele então se aliou a Henrique V da Inglaterra; mas quando Carlos tornou-se rei, em 1422, João voltou para sua antiga aliança e se tornou lugar-tenente do rei em Languedoc e na Aquitânia. Ele então ajudou em suprimir os grupos de saqueadores que estavam devastando a França. Ele lutou por Aragão contra Castela e ajudou seu irmão Pedro, cardeal de Foix, a esmagar insurgentes em Aragão.

João morreu em Mazères, Ariège, aos 54 anos.

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

João casou três vezes, e todas as suas esposas tiveram o nome de Joana. O primeiro casamento foi com Joana de Navarra, filha de Carlos III de Navarra e de Leonor de Castela. Depois da morte de Joana sem prole, em fevereiro de 1422, João casou com Joana de Albret, filha de Carlos de Albret, visconde de Dreux, e de Maria de Sully. Eles tiveram dois filhos:

Joana de Albret morreu em 1433. Dois anos depois, João se casa novamente, agora com Joana de Urgel, filha de Jaime II de Urgel e da infanta Isabel de Aragão. Depois da morte de João, esta se casou novamente com João Raimundo Folc III, conde de Cardona.

João teve quatro filhos ilegítimos conhecidos:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
Arquibaldo de Grailly e Isabel I
Conde de Foix
Visconde de Béarn e de Marsan
co-príncipe de Andorra

12 de fevereiro de 1412 - 4 de maio de 1436
Sucedido por:
Gastão IV
Precedido por:
domínio real
Conde de Bigorra
1415 - 1436