Johann Wilhelm Ritter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Johann Wilhelm Ritter

Johann Wilhelm Ritter (Samitz em Haynau, 16 de dezembro de 1776Munique, 23 de janeiro de 1810) foi um físico alemão, responsável pela descoberta da radiação ultravioleta.

Em 29 de outubro de 1797 relatou o Galvanismo, indicando que os procedimentos galvânicos estão sempre limitados na oxidação e na redução. Conseqüentemente tornou-se o fundador da teoria eletroquímica.

A primeira eletrólise quantitativa da água feita por ele em 1800. No mesmo ano inventou a coluna de secagem e dois anos mais tarde projetou-a com sua coluna que da carga o molde do recolhimento do acumulador.

Em 1803 criou a primeira pilha recarregável. Com o emprego de suas novas pilhas, fez várias observações sobre efeitos fisiológicos associados a estímulos elétricos, tendo constatado, por exemplo, que os músculos se contraem quando uma corrente elétrica aplicada aumenta de forma abrupta. Ele costumava usar o próprio corpo durante suas experiências eletrofisiológicas, sujeitando-se às vezes a altas voltagens.

Embora fosse um pesquisador ativo, Ritter escreveu poucos artigos científicos, e boa parte desses era de redação obscura. A partir de 1805, começou a envolver-se com ciências ocultas, e sua reputação foi bastante questionada pela comunidade científica. Com a saúde abalada, morreu em meio a sérios problemas financeiros.[1]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Johann Wilhelm Ritter

Referências

  1. PIMENTA, Marcos A. Da pele morena ao branco total. Memória Hoje. Rio de Janeiro: Instituto Ciência Hoje, 2009, p. 72-76.