Joseph Pevney

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Joseph Pevney
Nascimento 15 de setembro de 1911
Nova Iorque, Nova Iorque,
 Estados Unidos
Morte 18 de maio de 2008 (96 anos)
Palm Desert, Califórnia,
 Estados Unidos
Ocupação Diretor
Ator
Cônjuge Mitzi Green (1942-1969)
Philippa (?-1996)
Margo (2002-2008)
IMDb: (inglês)

Joseph Pevney (Nova Iorque, 15 de setembro de 1911Palm Desert, 18 de maio de 2008) foi um diretor de cinema e televisão norte americano.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Pevney nasceu em Nova Iorque, Nova Iorque. Ele começou como vaudeville, sendo menino soprano, em 1924. Apesar dele odiar vaudeville, ele amava teatro e desenvolveu uma carreira como ator, aparecendo em peças como Home of the Brave, The World We Make, Key Largo, Golden Boy e Nature Son. Uma curta carreira no cinema se seguiu; sua aparição mais notável foi no clássico de boxe de 1947 Body and Soul, interpretando o papel de Pequeno Pulaski.

Subsequentemente, Pevney se tornou um prolífico diretor de cinema e televisão, abandonando quase que completamente a carreira de ator, com uma carreira contendo mais de 80 produções entre 1950 e 1984. Entre os filmes estão Female on the Beach com Joan Crawford e Jeff Chandler, Tammy and the Bachelor com Debbie Reynolds e Leslie Nielsen, Man of a Thousand Faces com James Cagney, The Crowded Sky e 3 Ring Circus.

Pevney também trabalhou em várias séries de televisão, incluindo Bonanza, Mission: Impossible, The Rockford Files, Fantasy Island e The Incredible Hulk. Junto com Marc Daniels, ele é o diretor que mais dirigiu episódios da série original de Star Trek, com 14, incluindo clássicos e favoritos dos fãs como "The City on the Edge of Forever", "The Devil in the Dark", "Arena", "Amok Time", "The Trouble With Tribbles" e "Journey to Babel".[1] Os executivos da NBC, emissora que transmitia Star Trek, Herbert F. Solow e Robert H. Justman, em seu livro Inside Star Trek: The Real Story, escrevem que:

Joseph Pevney era um ex-ator que virou diretor. Alguns antigos atores se tornam bons diretores; alguns se tornam diretores picaretas. Pevney era o primeiro, porém mais do que apenas "bom".[1]

Pevney morreu em 18 de maio de 2008 em Palm Desert de complicações relacionadas a sua idade, ele tinha 96 anos.[1]

Referências

  1. a b c Trotter, Charles (25 de maio de 2008). TOS Director Joseph Pevney Dies at 96 TrekMovie.com. Visitado em 2 de setembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]