Kárahnjúkavirkjun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Local da construção
Local da construção

O Projecto Hidroeléctrico Kárahnjúkar é um empreendimento hidroeléctrico no leste da Islândia, consistindo em duas barragens em dois rios (o Jökulsá í Fljótsdal — fonte do famoso "Lago de Leite" de Lagarfljót, e o Jökulsá á Dal ou Jókulsá á Bru), para produzir energia eléctrica, sobretudo para uma siderurgia de alumínio construída pela empresa Alcoa em Reyðarfjörður. É a maior obra de engenharia da Islândia, e espera-se que fique concluída em 2009.

Cinco grandes barragens estão a ser construídas, a mais alta das quais terá 193 m de altura e 730 m de comprimento no coramento. o lago de Hálslón terá 57 km² à superfície, e um caudal de 110 m³/s — suficiente para produzir 690 MW de electricidade.

A construção é alvo de protestos pelos ambientalistas; a área é central à segunda maior zona selvagem da Europa e cobre cerca de 1000 km² no total.

Quantidades principais: Aterros da barragem na rocha 8.455.000 m³ Concretos 178.050 m³ Escavações em subterrâneo 2.300.000 m³ Concretos em subterrêneo 50.850 m³

Em Maio de 2007, surgiram também notícias de exploração de trabalhadores portugueses envolvidos na construção [1] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências