Língua badaga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Badaga
Falado em: Índia
Região: Tamil Nadu, montes Nilgiri
Total de falantes: 400 mil
Família:
 Dravídica Sul
  tâmil–canaresa
   canaresa–badaga
    Badaga
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ---
ISO 639-3: bfq

A língua badaga (badaga: ಬಡಗ ಭಾಷೆ படக பாஷை; em canarês: ಬಡಗ ಭಾಷೆ, em tâmil: படுகு மொழி) é uma língua dravídica (tâmil-canaresa) falada por cerca de 400 mil pessoas na região dos montes Nilgiri da Índia meridional.[1] É conhecida por suas vogais “coloridas em R” (róticas). A palavra badaga se aplica à língua e também ao povo homônimo que a fala.

Fonologia[editar | editar código-fonte]

O badaga apresenta cinco vogais básicas /i e a o u/, as quais podem contrastar sendo meio ou totalmente retroflexivas, porém, apenas os dialetos mais antigos e tradicionais tenham todos os contrastes (entre faringeais e retroflexivas).[2]

Vocabulário[editar | editar código-fonte]

Para melhor entendimento da fonética badaga se apresentam Alguma palavras curtas.

Exemplos [3]
IPA Palavra
/noː/ doença
/pọː/ cicatriz
/mo˞e˞/ brotar
/a˞e˞/ toca de tigre
/ha˞ːsu/ espalhar
/kạːʃu/ remover
/i˞ːụ/ sete
/hụːj/ tamarindo
/be˞ː/ bracelete
/bẹː/ banana
/huj/ atacar
/ụj/ cinzel

Nota: O caráter rótico (ex.:g [i˞], [e˞]) indica meia-retroflexão ou faringeação; um ponto sob a letra (ex.: [ị], [ẹ]) indica reflexão total.

Escrita[editar | editar código-fonte]

Houve tentativas para se criar uma ortografia para a língua a partir das línguas inglesa e canaresa.

Anandhan Raju, falante nativo do Badaga (nativo de Thangadu Oranaai e professor em Chamraj),, inventou em 2009 um novo alfabeto para língua com base no da língua tâmil. Trata-se de Abugida ou Alfassilabário – com 25 consoantes e 13 sons vogais e ditongos. O formato dos caracteres se baseiam em arcos encimados por pequenos círculos.

Notas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]