Línguas kartvelianas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

As línguas kartvelianas são uma família de línguas que são faladas principalmente na Geórgia, com algumas comunidades de falantes na Turquia, Irã e Rússia.

Este grupo é classificado dentro das línguas caucasianas em geral, mas as línguas caucasianas meridionais não formam geneticamente um mesmo filo com as línguas caucasianas do norte-centro e as do nordeste.

Classificação[editar | editar código-fonte]

  • Línguas georgianas:
    • Georgiano (kartuli em georgiano), com uns 4 milhões de falantes, dos quais 3.9 são da Georgia.
  • Línguas zan:
    • Mingreliano (margaluri em mingreliano, megruli em georgiano), com 500.000 falantes (1989), na região de Samegrelo (Mingrelia), Georgia ocidental, e também no ditrito de Gali, a leste da Abecásia. Muitos refugiados mingrelianos da Abecásia vivem próximo á Tbilisi e outras regiões da Georgia.
    • Laz (lazuri em laz e georgiano, ou também canuri em georgiano), com 220.000 falantes nativos (1980), sobretudo no litoral do Mar Negro, nordeste da Turquia, e aproximadamente 2.000 na Acharia, Georgia.
  • Língua suan:
    • Suan (lushnu em suan, svanuri em georgiano), com 15.000 falantes nativos na região montanhosa de Suania ou Suanetia (Svaneti), no nordeste da Georgia .