Arco longo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Longbow)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Uma réplica moderna de um arco longo de madeira de teixo

O arco longo (em inglês: Longbow) é um tipo de arco com um comprimento quase equivalente à altura da pessoa que o empunha, pouco recurvado ou quase reto e com braços relativamente finos, de secção circular ou em "D". Tipicamente feito em uma única peça de madeira natural, este tipo de arco tem sido usado por inúmeras culturas como arma de caça, guerra e defesa e ainda hoje é usado para caça, em torneios ou na prática do tiro puro ou instintivo.

Os arcos longos pode ser construídos de diferentes tipos de madeiras naturais por muitas culturas; na Europa datam do período Paleolítico, desde o período da Idade do Bronze os arcos longos foram construídos principalmente a partir de madeira de teixo. O arco longo histórico era um arco de madeira, mas o arco longo moderno também pode ser feito a partir de diferentes materiais modernos, ou por colagem de diferentes tipos de madeiras naturais juntas. A corda do arco longo era feita de cânhamo, linho ou seda, e fixada ao arco através do engaste feito de madeira, chifre de veado ou de metal (bronze ou ferro).


O exemplo mais famoso de arco longo é o arco longo inglês, confeccionado tradicionalmente de diversas madeira como o carvalho, o teixo, o freixo e o ulmeiro, e utilizado pelos exércitos ingleses com uma grande eficácia na Guerra dos Cem Anos. A curta distância, o arco podia ser apontado diretamente a um alvo concreto, e era capaz de penetrar em cota de malha e até armaduras de placas leves naquela época. Para maiores distâncias os arqueiros soltavam para o alto os projéteis que faziam uma trajetória curva até as formações inimigas, fazendo do arco longo, em alguns aspectos, algo semelhante à artilharia da era moderna. As flechas do arco longo perdiam força de penetração sendo usadas dessa maneira, efetivas contra infantaria leve, mas existem relatos de cavaleiros montados cujas coxas foram atravessadas por flechas.

Esse tipo de arco foi usado até a época da Guerra civil inglesa, mas foi substituído em muitos casos pelo mosquete, sobretudo devido aos muitos anos de um complicado treinamento necessário para se atirar com o arco longo, mesmo que o arco tivesse uma capacidade de obter altas taxas de disparo, de 5 a 10 flechas em 30 segundos para apenas um tiro de mosquete durante um mesmo período. O arco, nas mãos de um arqueiro experiente, era também sem dúvida muito mais preciso que o mosquete, e tinha até um alcance maior. O mosquete, como a besta, podia ser utilizado relativamente com pouco treinamento e tinha a vantagem psicológica de produzir fogo, fumaça e estrondos em abundância quando disparado, além de ser muito mais poderoso e penetrar armadura sem dificuldade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre armas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.