Lugal-zage-si

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Umma2350.PNG

Lugal-Zage-Si de Umma (reinou entre 2296 - 2271 a.C.) foi o último rei sumério antes da conquista da Suméria por Sargão da Acádia e a ascensão do Império Acádio, e foi considerado o único rei da dinastia de Uruk. É considerado o primeiro rei a ter unido a Suméria num único reino.

Lugal-Zage-Si conduziu uma política de expansão, iniciando em Umma, de onde conquistou várias das cidades-estado da Suméria — como Kish, onde venceu Ur-Zababa; Lagash, onde venceu Urukagina; Ur, Nipur, Larsa e Uruk, onde estabeleceu a nova capital. Reinou por 25 (ou 34) anos, segundo a lista suméria de reis.

Lugal-Zage-Si reivindicou numa inscrição que Enlil lhe deu "todas as terras acima e abaixo dos mares", isto é, entre o Mar Mediterrâneo e o Golfo Pérsico. Embora a incursão ao Mediterrâneo não fosse muito além de "uma bem sucedida invasão", a inscrição "marca a primeira vez que um príncipe sumério reivindicou ter chegado àquilo que era, para eles, a fronteira ocidental do mundo".

De acordo com as versões babilônicas das inscições de Sargão, Sargão da Acádia capturou Lugal-Zage-Si depois de destruir os muros de Uruk.